Saúde

Estudo mostra benefício de exercícios físicos em idosos com câncer

Efeitos positivos incluem redução da dor, náusea e ansiedade.

03/06/2024 às 16h10, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Idoso
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Agência Brasil- Um estudo brasileiro envolvendo pacientes idosos mostrou os benefícios de exercícios físicos regulares durante tratamentos de câncer em estágio avançado. A pesquisa, apresentada no Encontro Anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ACSO), que termina nesta terça-feira (6), nos Estados Unidos, contou com a participação de 41 pacientes com idade média de 70 anos.

Durante 12 semanas, os pacientes, com câncer de mama, genitourinário e de pulmão, seguiram um programa de atividades que incluiu exercícios de resistência e aeróbicos por 3 a 5 horas semanais, divididas em 4 a 6 dias por semana.

Após a conclusão do programa de exercícios, os pacientes apresentaram diminuição significativa nos níveis de depressão e ansiedade. Também foram constatadas melhoras no estado físico, com redução das dores, da fadiga e da náusea. Além disso, os exercícios podem reduzir os efeitos adversos do tratamento do câncer.

“Podemos concluir que, alinhado com a recente literatura médica sobre o assunto, devemos estimular os pacientes a manterem-se fisicamente ativos e de preferência em prática de exercícios, independentemente de idade ou estágio de doença. Naturalmente, essa recomendação deve ser corroborada e monitorada pelo médico que conduz o caso”, diz o coordenador do estudo, Paulo Bergerot, oncologista do grupo Oncoclínicas&Co.

Segundo Bergerot, o estudo reforça a recomendação da prática de atividades físicas para pacientes com câncer e destaca a importância de desenvolver programas que sejam acessíveis e personalizados, especialmente para a população idosa.

“Até poucos anos atrás havia um paradigma de que o paciente em tratamento de câncer deveria ficar descansando e resguardado. Sem dúvida as principais mensagens dos estudos dessa natureza são as de quebrar este paradigma”, ressalta Bergerot.

Cuidados paliativos


Outro estudo brasileiro relacionado ao tratamento de pacientes com câncer apresentado no congresso relacionou os cuidados paliativos com a redução do número de mortes nas unidades de terapia intensiva (UTIs), em hospitais de alta complexidade em países em desenvolvimento.

Os cuidados paliativos são princípios que buscam aliviar a dor e o sofrimento em pacientes, melhorar sua qualidade de vida e auxiliar os familiares durante o tratamento e após a morte do paciente, em situações em que a doença não é mais tratável.

“Os cuidados paliativos são uma estratégia multidisciplinar de alívio de sofrimento, para pacientes que têm uma doença ameaçadora da vida. E quando a gente fala de sofrimento, não é só sofrimento físico, é também emocional, espiritual, social, que vem junto com um diagnóstico difícil não só para o paciente como também para a família e as pessoas que participam ativamente do seu cuidado”, explica a coordenadora do estudo, Cecília Emerick Mendes.

A pesquisa avaliou 171 pacientes do Hospital Marcos Moraes, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, e constatou uma taxa de óbitos de apenas 38% entre aqueles que foram incluídos nos cuidados paliativos, considerada baixa em relação a pacientes que estão em uma situação de doença irreversível, segundo Cecília.

“Oitenta por cento dos pacientes tiveram uma definição de plano de cuidado. Desses, 78% optaram pelo suporte não invasivo exclusivo. Entendendo que têm uma doença infelizmente irreversível, optaram para que, no momento de final de vida, fossem cuidados fora de unidades fechadas, na presença da família, e definiram quais eram suas prioridades e como deveríamos conduzir o seu caso”, disse. “A maioria de nossos pacientes foi de alta para casa, com uma orientação para a equipe de saúde de como eles queriam ser cuidados.”

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 14% dos pacientes que precisam de cuidados paliativos no mundo recebem esse tipo de atenção.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

vacinação crianças posto de saúde

Saúde

Feira terá mais um dia D de vacinação neste sábado

Para receber as doses, é necessário apresentar documento de identidade com foto, cartão SUS e caderneta de vacina.

13/06/2024 às 09h57

relacionamento/ briga de casal

Dia dos namorados

Relacionamento X redes sociais: como o avanço da tecnologia pode aproximar ou afastar casais? Psicóloga explica 

Muitos casais deixam de se relacionar ou manter um diálogo saudável a partir do uso desenfreado de dispositivos eletrônicos.

12/06/2024 às 06h42

Doação de sangue

Doe Sangue, Doe Vida

Junho Vermelho: apenas 1,4% da população brasileira é doadora regular

Docente do curso de Enfermagem da Estácio desmistifica processo e destaca que cada bolsa pode salvar até quatro vidas.

11/06/2024 às 09h49

Psicóloga traz dicas para manter o relacionamento saudável, feliz e duradouro

Dia dos Namorados

Psicóloga traz dicas para manter o relacionamento saudável, feliz e duradouro

Comunicação, confiança e empatia são pilares essenciais para fortalecer laços e superar desafios em relacionamentos de longo prazo.

11/06/2024 às 09h43

útero

Saúde

Congelar óvulos antes ou depois da cirurgia de endometriose? Infertilidade atinge 37% das pacientes com a doença

Diagnóstico deixa dúvidas em mulheres que querem ser mães, mas precisam enfrentar a doença, que acomete uma a cada dez...

10/06/2024 às 17h42

Hospital Ortopédico

Representação Feirense

Hospital Ortopédico recebe prêmio "The Health Awards 2024" pelo compromisso com boas práticas ESG

Estiveram presentes no evento os representantes do grupo Hospital Ortopédico Thiago Soares - Diretor da Saúde Flex e Matheus Nascimento...

10/06/2024 às 16h04

image

Rádio acorda cidade