Feira de Santana

Reunião entre membros da OAB, magistrados e o presidente do TJ-BA discute criação da 4ª Vara das Famílias

A vice-presidente da OAB Feira, Lorena Peixoto, se mostrou muito feliz com o resultado da reunião, principalmente porque o presidente do TJ-BA foi eleito pelo Quinto Constitucional e se mostrou sensível a essa demanda da advocacia.

11/05/2022 17h39, Por Maylla Nunes

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade 

Membros da OAB Subseção Feira de Santana participaram de uma reunião na presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, em Salvador, na terça-feira (10), junto com o presidente, Dr. Nelson Castelo Branco, e seu assessor, Dr. Ícaro Matos. A OAB Feira foi representada pela vice-presidente, Lorena Peixoto, e pela vice-coordenadora da interiorização do IBDFAM, Mônica Mattos.

Ambas objetivaram ratificar o pleito de criação da 4ª Vara das Famílias de Feira de Santana, representando a advocacia, de modo a trazer mais eficiência ao cartório integrado, uma vez que a 1ª, 2ª e 3ª varas contam com um acervo de aproximadamente 5.000 processos, cada, o que inviabiliza a celeridade e a efetividade, bem como a atenção que o direito das famílias e sucessões merecem.

Também marcaram presença no encontro os magistrados Dr. Régio Bezerra Tiba Xavier e Dra. Katia Regina Mendes Cunha, titulares de Varas das Famílias e Sucessões em Feira. Segundo Dr. Regis, “há esperança em ver materializado o pleito, formalizado em 2015, ratificado 2018, e agora vendo que vai ser atendido”. Dra. Mônica Mattos, por sua vez, enfatizou que a criação da 4ª Vara tem uma importância valorosa, diante do tamanho que Feira de Santana tem enquanto segunda maior cidade do Estado.

A vice-presidente da OAB Feira, Lorena Peixoto, se mostrou muito feliz com o resultado da reunião, principalmente porque o presidente do TJ-BA foi eleito pelo Quinto Constitucional e se mostrou sensível a essa demanda da advocacia. “O fato de a reunião ter contado com a participação de dois magistrados também é algo para comemorar, pois mostra o quanto é importante que diálogos como esse, entre a advocacia e os magistrados aconteçam, pois só clarificam que o Judiciário só funciona se todos estiverem trabalhando com cooperação, o que reflete em benefícios para a sociedade”, disse.

Ainda participaram da reunião na presidência do TJ-BA, Dra. Fernanda Barreto, atual presidente do IBDFAM/BA, e Dr. Alberto Raimundo, magistrado e ex-presidente do Instituto, bem como a presidente da AMAB, juíza Nartir Weber. Dra. Esmeralda Oliveira, secretaria geral da OAB Seccional Bahia também se fez presente. 

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade