Acorda Cidade - Dilton Coutinho

19 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Política

Todas as notícias
Publicado em 18/03/2021 16h07.

Projeto mantém validade de pedidos de exames de pré-natal na pandemia

Aprovado na Câmara, texto agora será analisado no Senado
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Projeto mantém validade de pedidos de exames de pré-natal na pandemia
Foto: Ana Nascimento/ MDS/ Portal Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - A Câmara dos Deputados aprovou hoje (18) o Projeto de Lei (PL 2.442/20) que mantém a validade de pedidos médicos para realização de exames de pré-natal enquanto perdurarem as medidas de isolamento e quarentena para contenção da pandemia do novo coronavírus. A matéria agora será enviada para análise no Senado.

O projeto, de autoria da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e outros, determina que a regra vale também para o período posterior ao nascimento do bebê (puerpério) e para exames diagnósticos complementares previstos para o adequado acompanhamento da saúde. Os pedidos poderão ser emitidos inclusive de forma eletrônica.

A deputada argumentou que é preciso garantir a manutenção desses procedimentos considerados essenciais, ao mesmo tempo em que se combate a pandemia nos hospitais. “[A realização do pré-natal] é fundamental para detectar precocemente patologias que podem representar um risco tanto para a mãe quanto para o feto”, afirmou.

O texto também diz que as unidades de saúde públicas e privadas deverão garantir a segurança para realização dos exames de forma a preservar as gestantes dos riscos de contaminação pelo coronavírus.

Além disso, o projeto diz que, enquanto perdurarem medidas de isolamento e quarentena relacionadas ao combate à pandemia, as gestantes e as puérperas devem ter acesso facilitado a cuidados intensivos e à internação em leitos de terapia intensiva.

A relatora da proposta, Liziane Bayer (PSB-RS), disse que, caso fosse mantida a expiração do prazo de validade dos pedidos de exames, as gestantes ficariam expostas a riscos de contaminação ao ir à procura dos médicos que fazem o acompanhamento pré-natal.

“O presente projeto de lei se mostra meritório tendo em vista a proteção que traz para as gestantes, bem como para a sociedade em geral, pois pode evitar a ocorrência de situações que frustrem o isolamento social e contribuam para o aumento das probabilidades de transmissão do patógeno responsável pela covid-19”, afirmou Liziane Bayer.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Netinho confirma pré-candidatura a deputado federal: 'Serei soldado de Jair Bolsonaro'
Política

Netinho confirma pré-candidatura a deputado federal: 'Serei soldado de Jair Bolsonaro'

A candidatura de Netinho já era especulada e chegou a ser negada pelo artista algumas vezes.

Juiz determina que Câmara Municipal torne sem efeito LDO publicada fora do prazo
Política

Juiz determina que Câmara Municipal torne sem efeito LDO publicada fora do prazo

Na decisão, o juiz Nunisvaldo dos Santos acatou o pedido da prefeitura de Feira, que entrou com mandado de se...

'Se Bolsonaro ficasse calado, seria um grande poeta, mas só fala besteira', dispara Otto Alencar
Eleições 2022

'Se Bolsonaro ficasse calado, seria um grande poeta, mas só fala besteira', dispara Otto Alencar

De acordo com o senador, ainda é cedo dizer o que está sendo definido para as eleições de 2022. Para ele, ...

Vídeo

Com sonho de ser jogador de futebol, feirense de 9 anos usa a criatividade para treinar em casa Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta terça-feira 18.01.22:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram