Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM CLERISTON
  • Thaiane Pinheiro
31 de Março de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 13/02/2020 20h18.

STF exclui verba de combate à pobreza da dívida de estados com a União

STF exclui verba de combate à pobreza da dívida de estados com a União Processo envolvia a Bahia, mas decisão deve repercutir em outras ações
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
STF exclui verba de combate à pobreza da dívida de estados com a União
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que os valores do Fundo do Erradicação da Pobreza dos estados não podem ser usados pelo governo federal para calcular o montante da dívida estadual com a União. O caso foi decidido em um processo envolvendo a Bahia, mas deve ter repercussão em outras ações que estão em tramitação na Corte.

Pela decisão, a União deverá devolver ao governo da Bahia os valores que foram computados como dívida. O valor do impacto nas contas públicas não foi divulgado.

O Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza em nível nacional foi criado em 2001 com objetivo de destinar recursos suplementares para aplicação nas áreas da educação, saúde e programas sociais.

Nos estados, os recursos do fundo são obtidos por meio do aumento da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre produtos supérfluos em até 2%. A receita obtida com o aumento deve ir obrigatoriamente para os fundos estaduais. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Brasil

Barragem de água se rompe em Novo Cruzeiro, em Minas Gerais

Acidente foi a 560 quilômetros de Belo Horizonte. Não houve feridos

Recolhimento do FGTS de domésticos pode ser suspenso por 3 meses
Brasil

Recolhimento do FGTS de domésticos pode ser suspenso por 3 meses

Adiamento do recolhimento faz parte do enfrentamento do coronavírus.

Senai lança edital para projetos que apresentem soluções imediatas de combate ao coronavírus
Indústria contra o coronavírus

Senai lança edital para projetos que apresentem soluções imediatas de combate ao coronavírus

Instituição vai incentivar iniciativas que foquem na prevenção, diagnóstico e tratamento para a Covid-19;...

Vídeo

Prefeito Colbert Martins confirma prorrogação de fechamento do comércio Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 31.03:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram