Acorda Cidade - Dilton Coutinho

07 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 17/05/2019 10h41.

Criminalização da homofobia é caminho para reduzir violência contra LGBTI, aponta debate

Participantes da audiência foram unânimes em defender a criminalização da homofobia como um dos caminhos para mudar essas estatísticas e criticaram a postura do governo em relação à comunidade LGBTI.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Criminalização da homofobia é caminho para reduzir violência contra LGBTI, aponta debate
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Uma pessoa é assassinada no Brasil a cada 16 horas por sua orientação sexual ou identidade de gênero. Ao menos 8.027 lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais (LGBTI) foram mortos em crimes de ódio motivados por homofobia entre 1963 e 2018, de acordo com relatório do Grupo Gay da Bahia (GGB), citados nesta quinta-feira (16) durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) para marcar o Dia Internacional de Enfrentamento à LGBTIfobia. Participantes da audiência foram unânimes em defender a criminalização da homofobia como um dos caminhos para mudar essas estatísticas e criticaram a postura do governo em relação à comunidade LGBTI. Os convidados disseram esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) enquadre a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero como crime. O julgamento iniciado em 13 de fevereiro deve ser retomado no próximo dia 23. Quatro ministros votaram até agora a favor da proposta feita pelas duas ações que levaram a questão ao Plenário da Corte. Para o advogado Rodrigo Camargo, da Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares, o Congresso foi omisso em relação ao tema. "O movimento LGBTI pleiteia o direito à existência. Onde o Estado não entra, a impunidade e a violência persistem", defendeu Camargo. O STF também pode decidir fixar ou não um prazo para que o Congresso edite uma lei sobre o tema, como pedem as ações. Enquanto parlamentares não se manifestarem, a criminalização da homofobia e da transfobia podem ser enquadradas na Lei dos Crimes de Preconceito e Discriminação Racial (Lei 7.716 de 1989). Na avaliação de Chyntia Barcellos, secretária da Comissão Especial da Diversidade Sexual e Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a impunidade reforça a violência. "A cada 16 horas uma pessoa LGBTI é assassinada. É um crime de ódio, equiparado ao racismo. Nada mais insufla mais o criminoso do que a impunidade", disse. Leia mais na Agência Senado

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Paim adota projeto de iniciativa popular que cria 14° emergencial a aposentados
Política

Paim adota projeto de iniciativa popular que cria 14° emergencial a aposentados

De acordo com o texto, o abono anual dos aposentados e pensionistas do INSS, equivalente ao 13° salário dos ...

Plenário pode concluir hoje a votação de MP que suspende quantidade mínima de dias letivos
Política

Plenário pode concluir hoje a votação de MP que suspende quantidade mínima de dias letivos

Serão analisados os destaques apresentados pelos partidos com a intenção de alterar o texto da relatora da ...

'A politicagem é que está aumentando a pandemia em Feira de Santana', afirma Fernando Torres
Política

'A politicagem é que está aumentando a pandemia em Feira de Santana', afirma Fernando Torres

O ex-deputado federal e a esposa tiveram foram infectados pelo coronavírus, mas já estão curados.

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 06.07:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram