Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM BA METAS
  • SECOM BA METAS
19 de Maio de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 24/04/2019 19h19.

STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada

A autorização para que as empresas passem a cobrar pelos itens despachados foi aprovada pela Anac em dezembro de 2016 e entrou em vigor em junho de 2017.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada
Foto: Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (24) que a Justiça Federal no Ceará deve julgar a questão sobre a validade da resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permitiu a cobrança pelo despacho de bagagem pelas companhias aéreas no Brasil. Com isso, fica mantida a decisão daquela instância que permitiu a cobrança pelo despacho dos volumes. Por maioria de votos, a Primeira Seção do STJ também decidiu que a Justiça do Ceará é a responsável pelo julgamento do caso.

Desde a entrada em vigor da Resolução nº 400/2016 da Anac, houve várias decisões judiciais conflitantes sobre o tema. O caso foi decidido com base em um recurso da Anac e do Ministério Público Federal (MPF), que queria a suspensão das regras.

A autorização para que as empresas passem a cobrar pelos itens despachados foi aprovada pela Anac em dezembro de 2016 e entrou em vigor em junho de 2017.

Desde então, o passageiro tem direito a transportar como bagagem de mão um volume de até 10 quilos em viagens nacionais e internacionais, com limite de até 55 centímetros (cm) de altura por 40 cm de comprimento.

A mesma norma extinguiu a franquia de bagagem, pela qual o passageiro tinha o direito de despachar gratuitamente um volume de até 23 quilos.

Segundo a agência, a medida é uma prática comum em outros países, e uma das ideias era oferecer preços menores para passageiros que não precisam despachar bagagem.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Estrutura de mina da Vale em Barão de Cocais pode se romper a partir deste domingo
Brasil

Estrutura de mina da Vale em Barão de Cocais pode se romper a partir deste domingo

O tremor gerado pelo colapso da estrutura poderia causar uma reação em cadeia provocando o rompimento da Bar...

Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa
Brasil

Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa

Campanha nacional de conscientização é realizada no mês de maio.

Juíza aumenta multa da Vale para R$ 300 milhões e pede explicações
Brasil

Juíza aumenta multa da Vale para R$ 300 milhões e pede explicações

Segundo o MP, a mineradora não apresentou o estudo dos impactos relacionados ao eventual rompimento das estru...

Vídeo

Bolsonaro diz que bloqueia verba da educação porque precisa e chama manifestantes de idiotas úteis Veja mais Vídeos ›

Podcast

Defensoria Pública discute orçamento participativo com a sociedade civil
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram