Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM BA METAS
  • SECOM G NEWS
21 de Maio de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Concursos

Todas as notícias
Publicado em 20/02/2019 07h56.

Justiça anula lista de aprovados para avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal

O município deverá divulgar uma nova lista computando as vagas reservadas a cotistas com pontuação suficiente para figurar na ampla concorrência.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Justiça anula lista de aprovados para avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal
Foto: Reprodução

Andrea Trindade

O Juiz de Direito, Gustavo Rubens Hungria, decidiu que deve ser anulada a lista divulgada com os nomes de 200 candidatos aprovados para a avaliação psicológica do Concurso da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana.

Com isso, o município deverá divulgar uma nova lista, computando as vagas reservadas a candidatos optantes por cotas que tenham obtido pontuação suficiente para figurar na ampla concorrência. Fazendo isso, o concurso, que está suspenso há quase três meses, estará liberado a dá continuidade para as demais etapas da seleção.

A decisão não cabe mais recurso. A suspensão ocorreu às vésperas da aplicação do teste psicológico, que estava marcado para o dia 25 de novembro do ano passado. A ação foi movida por três candidatos que se sentiram prejudicados. Confirma a decisão, eles se inscreveram nas vagas destinadas a afrodescendentes, e foram desclassificados em virtude da não observância de itens do edital, que determinam a inclusão dos candidatos optantes por cotas que alcançarem
pontuação suficiente, na lista de ampla concorrência.

Ao Acorda Cidade o secretário municipal de Prevenção à Violência, Pablo Roberto, que também é membro da comissão organizadora do concurso, informou que o município ainda não foi oficialmente notificado sobre a decisão, mas que já teve acesso ao documento e tomará as providências cabíveis.

“Vamos atender a decisão e a empresa organizadora, a EPL Concursos, também deverá cumprir. (...). No edital há o entendimento de que as pessoas que se inscreveram como afrodescendentes, como bolsistas de escola particular, como deficientes físicos, era uma publicação diferente da de ampla concorrência. Respeitamos a cota de cada segmento desse e divulgamos a relação, mas o que o juiz entende nesse momento é que nestes três casos específicos, que entraram com a ação, devem participar na ampla concorrência e não apenas na relação de afrodescendentes”, informou.

A secretaria vai aguardar a notificação da justiça para dá prosseguimento ao concurso seguindo o que foi determinado. “Assim que essa decisão chegar até nós de forma oficial vamos adotar as providências para que tão logo a gente possa retomar o rito da realização do concurso”, declarou o secretário Pablo.
  

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

IBGE libera edital do concurso com 209 vagas; inscrições começam quarta (22)
Concursos

IBGE libera edital do concurso com 209 vagas; inscrições começam quarta (22)

Realização das provas objetivas do concurso IBGE 2019 estão marcadas para ocorrer em 21 de julho, às 13 ho...

Concursos

Uefs divulga resultado da seleção de intérprete e tradutor de libras

Os Atestados de Habilidade Técnica serão entregues no NAU, no dia 27/05, a partir das 8h30. Na oportunidade,...

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014
Concursos

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que as contratações têm por objetivo o fortalecimento da red...

Vídeo

Grupo lança clipe de música finalista do festival Vozes da Terra Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motorista de aplicativo é investigado, após denúncia de abuso sexual e estupro em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram