Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM CLERISTON
  • SECOM CLERISTON
31 de Março de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 02/12/2014 17h14.

Prefeitura de Feira de Santana adia licitação do BRT

A nota assinada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, informa que a decisão foi tomada em respeito a recomendação do Ministério Público Estadual.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Prefeitura de Feira de Santana adia licitação do BRT
Foto: Reprodução/Projeto

Andrea Trindade

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana informou por meio de nota divulgada na tarde desta terça-feira (2), que a licitação do sistema BRT (sigla em inglês para Trânsito Rápido de Ônibus), que seria realizada na quarta-feira (4), foi adiada.

A nota, assinada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, informa que a decisão foi tomada  em respeito a recomendação do Ministério Público Estadual, que deseja ampliar as discussões sobre o projeto. “A medida não traz qualquer prejuízo à proposta de implantação do BRT, que uma vez em funcionamento, proporcionará avanços definitivos ao sistema de transporte urbano desta cidade”, diz a nota.

Na audiência pública realizada na última sexta-feira (28), o promotor público do Direito do Consumidor, Sávio Damasceno, que sugeriu audiências públicas para debater o projeto desde o mês de maio, informou que existem etapas que precisam ser cumpridas antes da licitação e realização de uma obra como a do BRT.

Ele não se posicionou contra ou a favor, mas ressaltou a importância da participação popular na implantação do sistema em cumprimento da lei. O promotor também destacou o fato de que a o MP pode intervir na implantação do sistema, se ficar comprovado que não houve participação popular no andamento do projeto.

“O BRT não é uma obra que se desenvolva de forma simples. Após iniciar de forma solene e formal o Ministério Público vai se posicionar quanto à segurança. A lei obriga que deve ser feita a gestão democrática. O que temos que fazer é, a partir do momento que a prefeitura considerar que essa participação popular já for efetiva, é exigir a comprovação ao Ministério Público e aí sim vamos verificar se a população teve a oportunidade de se manifestar sobre o projeto apresentado. A partir do momento em que o MP considerar que não houve uma gestão democrática nós podemos intervir através dos meios ordinários, que é desde um Termo de Ajustamento de Conduta até uma Ação Civil Pública.

O artigo 15 da Lei Nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012, diz que a participação da sociedade civil no planejamento, fiscalização e avaliação da Política Nacional de Mobilidade Urbana deve ser assegurada. No artigo 14 a lei garante aos usuários o direito de participar do planejamento, da fiscalização e da avaliação da política local de mobilidade.

Nota Pública


Melhorar o serviço de transporte público em Feira de Santana, há décadas, um dos maiores desafios desta cidade, é uma das prioridades da atual Administração Municipal. Depois de extraordinário esforço de toda a equipe técnica do Governo, finalmente, em maio de 2014, foi concluído e entregue à Caixa Econômica Federal o projeto executivo para implantação de um sistema que deverá proporcionar uma nova realidade na prestação deste serviço: o BRT.

Esta cidade deverá receber o maior investimento já registrado no interior do Nordeste, em transporte urbano, cerca de R$ 97 milhões. O sistema BRT, que será implantado aqui, resultou em melhoria significativa da qualidade do serviço em algumas grandes cidades brasileiras.

Nesse período, sempre em consonância com recomendações dos órgãos ministeriais, o Governo desenvolveu exaustiva agenda de discussões, levando o projeto, que fora concebido por empresa especializada, aos mais diversos segmentos da sociedade feirense.

Entidades civis representativas de variadas classes e a egrégia Câmara de Vereadores receberam apresentação da proposta técnica.
Consulta Pública foi realizada, com ampla divulgação pelos meios de comunicação, processo que culminou com mais de 1.500 acessos via internet e 45 sugestões, algumas delas aproveitadas na operacionalização do sistema, por se tratar de contribuições importantes.

Recentemente, diante da finalização das providências legais por parte da instituição financeira responsável pela operação de crédito, o Governo anunciou o esperado lançamento do edital de licitação para contratação da empresa que realizará as obras físicas e a implantação do BRT. A solenidade aconteceria no dia 4 de dezembro.

Todavia, em respeito a recomendação do Ministério Público Estadual, que deseja pactuar com o Governo um entendimento para ampliar as discussões sobre o projeto, o Poder Executivo, orientado pela Procuradoria Geral do Município, decide adiar a deflagração do procedimento licitatório. A medida não traz qualquer prejuízo à proposta de implantação do BRT, que uma vez em funcionamento, proporcionará avanços definitivos ao sistema de transporte urbano desta cidade.

José Ronaldo de Carvalho
Prefeito 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Por causa do coronavírus, licitações da prefeitura vão funcionar em locais distintos
Feira de Santana

Por causa do coronavírus, licitações da prefeitura vão funcionar em locais distintos

O secretário Sebastião Cunha informou que a partir do dia 2 de abril as licitações passarão a acontecer n...

Muitas pessoas na rua e longas filas em bancos marcam 3ª semana de quarentena em Feira
Feira de Santana

Muitas pessoas na rua e longas filas em bancos marcam 3ª semana de quarentena em Feira

Mesmo com as recomendações de manter o isolamento social, movimento de carros e pedestres estava intenso e ...

Prefeitura mantém calendário do IPTU com vencimento em 15 de abril
Feira de Santana

Prefeitura mantém calendário do IPTU com vencimento em 15 de abril

O secretário municipal da Fazenda, Expedito Eloy, que explicou que todo o processo do IPTU de 2020 já estava...

Vídeo

Prefeito Colbert Martins confirma prorrogação de fechamento do comércio Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 31.03:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram