Dilton e Feito

Vladimir Aras acredita que rejeição de seu nome pelo Senado para o CNMP será revertida em recurso

O pedido será apreciado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ)

05/07/2013 16h54, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O procurador da República Vladimir Aras afirmou ao site Bahia Notícias que acredita na reversão da decisão do plenário do Senado, que rejeitou a indicação de seu nome para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), nesta quarta-feira (3). Segundo Aras, nenhum argumento foi apresentado no plenário contra ele. O senador Pedro Taques (PDT-MT) apresentou um recurso para que os votos proferidos a favor e que foram rejeitados pela mesa sejam computados. O pedido será apreciado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). “Eu acredito no recurso. Tenho confiança porque obtive os votos necessários, e há precedentes no Senado”, afirma o procurador. No total, Aras conseguiu 42 votos necessários para confirmar sua indicação ao órgão, sendo um voto a mais do que o mínimo necessário para aprovação da recomendação prevista. Porém, apenas 38 foram computados pelo painel. Saiba mais sobre a rejeição do nome de Aras para o CNMP e a possibilidade do resultado ser alterado na coluna Justiça do Bahia Notícias.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade