Política

Viagem de Bolsonaro à Rússia e Hungria em meio a conflitos custou mais de R$ 2 milhões

Em diárias da comitiva de 70 pessoas, foi gasto R$ 1,074 milhão.

08/03/2022 10h01, Por Maylla Nunes

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Os gastos do presidente Jair Bolsonaro (PL) com viagens continuam rendendo críticas. Desta vez, não foram os R$ 900 mil das férias no litoral catarinense, mas sim os mais de R$ 2 milhões na visita controversa à Rússia e à Hungria em meio aos conflitos com a Ucrânia, em fevereiro deste ano.

De acordo com informações obtidas pela coluna de Bela Megale, na Folha de S. Paulo, via Lei de Acesso à Informação, a parte mais cara da viagem de quatro dias a Moscou e Budapeste foram as diárias de US$ 211.401,71, ou R$ 1,074 milhão na cotação de segunda-feira (7).

Ainda segundo a coluna, só na capital russa a comitiva de 70 pessoas recebeu R$ 657 mil, enquanto na Hungria foram gastos mais R$ 416 mil. Participaram da viagem nomes como o assessor especial da Presidência e integrante do gabinete do ódio, Tercio Arnaud, e Max Guilherme, ex-sargento da polícia militar e um dos assessores mais próximos de Bolsonaro. Em Moscou, cada um deles recebeu mais de R$ 13 mil em diárias.

Sobre os gastos pela ida do filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro, o governo informou que “não houve custeio de despesas em nome do Sr Carlos Bolsonaro”.

De acordo com a coluna, apesar da maioria da comitiva ter viajado em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), houve custos de mais de R$ 192 mil com deslocamento de 11 pessoas para a Rússia e 10 para a Hungria.

Outra despesa alta da viagem foi com aluguel de carros: R$ 646,99 mil em Moscou. O dinheiro público pagou ainda a montagem de escritórios de apoio, sendo R$ 65 mil na Rússia e R$ 44 mil na Hungria. Além disso, foram gastos mais R$ 5.700 em testes de Covid-19.

Fonte: Bahia.Ba

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade