Vereadores exigem atitude de Tarcízio Pimenta contra Jairo e Eliana

Cenário político para 2010 continua sendo a grande incógnita entre oposição e governo.

17/08/2009 12h27, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A segunda-feira (17) começou quente na Câmara de Vereadores de Feira de Santana. Logo no primeiro pronunciamento do dia, o vereador Ronny (PMN) levou ao plenário o assunto que atualmente é o foco do debate político na cidade: a mudança do ex-deputado Jairo Carneiro do Democratas para o Partido Progressista.

Conforme Ronny, que faz parte da bancada que apóia o prefeito Tarcízio Pimenta (DEM),  a atitude de Jairo Carneiro de aderir ao grupo do governador Jaques Wagner (PT) é condenável. “É  natural fazer parte de um grupo e depois mudar. Mas, não é natural o que esta ocorrendo em Feira. Eliana Boaventura e Jairo não podem fazer parte da bancada do estado e do município ao mesmo tempo, isso não pode ocorrer”, reclamou.

Ao final do discurso, Ronny cobrou do prefeito uma atitude: “Tarcízio tem que tomar uma atitude: ou Jairo e Eliana entregam os cargos no município ou deixam de apoiar o governo estadual”.

O vereador Tom (PTN) foi mais direto nas criticas a Jairo e Eliana.  “Não podemos ficar em cima do muro. Eliana e Jairo vão ficar com Wagner ou com Paulo Souto em 2010?”, questionou. 

Em momento raro na Câmara de Feira, a vereadora Cintia Machado (PSL) também se pronunciou sobre o assunto. “Aonde vamos parar? Começou com Eliana e agora Jairo. O prefeito tem a obrigação de tomar uma atitude sobre isso, se não, daqui a pouco todos os vereadores vão fazer o mesmo”, bradou.

Os vereadores que fazem parte da bancada do governo do estado, apoiaram a decisão de Jairo Carneiro em aderir ao governo Wagner.   “O discurso de Ronney é compreensível, mas Tarcízio Pimenta não vai tratar esse assunto com radicalismo. O prefeito precisa de interlocutores no estado para governar melhor, por isso, acredito que tudo vai ser resolvido politicamente”, disse Marialvo Barreto (PT).

O outro petista da Câmara, Angelo Almeida, não perdeu a oportunidade para provocar o prefeito Tarcízio Pimenta. “Jairo foi massacrado por Tarcizio na eleição passada quando trouxe Tonha Magalhães e ACM Neto pra Feira, por isso demorou de sair do grupo. Será muito bem vindo na base do governo”, finalizou.
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade