Feira de Santana

Vereador Paulão diz que prefeito contratou homens e mulheres para assediar e criar ‘armadilhas’ para vereadores

Paulão declarou ainda que irá apresentar as gravações ao vivo na Câmara de Vereadores.

06/10/2021 11h14, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Rachel Pinto

O vereador Paulão do Caldeirão (PSC) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Vereadores na manhã desta quarta-feira (6) para fazer uma denúncia contra o prefeito Colbert Martins da Silva. Segundo ele, o prefeito e sua equipe de governo, como alguns assessores, contratavam mulheres e homens para assediar e difamar vereadores. Paulão disse que foi vítima de assédio, tem as provas guardadas, mas não foram apresentadas.

“Eu tenho as gravações na mão que eu venho segurando há muito tempo e o prefeito mais uma vez de forma perversa e mesquinha está tentando manchar a minha imagem de homem de bem em Feira de Santana. Vou denunciá-lo ao Ministério Público e à Polícia Federal. O prefeito perguntou a uma senhora o preço para entrar na minha sala, me arranhar e me acusar de estupro. Contei isso a meus apóstolos, pastores e a Fernando Torres. Eu estava quieto, porque queria tratar de outra forma. Mas, infelizmente chegou a um ponto que eu tive que tornar público para garantir os outros colegas”, disse.

O presidente da Câmara, o vereador Fernando Torres, confirmou ter conhecimento das denúncias citadas por Paulão e que seriam feitas também 'armadilhas' para ele, as vereadoras Eremita e Lu de Ronny. Ele considerou a situação como absurda, gravíssima e disse que irá se reunir com todos os vereadores para definir qual posicionamento a Câmara deve tomar.

“Essa situação afeta o coração do parlamento de Feira de Santana. Fiquei sem entender até que ponto chegou a política de Feira de Santana. Isso é caso policial, iria 'chacoalhar' o vereador Paulão. O vereador tem o meu apoio e nós temos que pedir o afastamento dos envolvidos”, afirmou.

Paulão declarou ainda que irá apresentar as gravações ao vivo na Câmara de Vereadores e segundo a vereadora Eremita Mota, há muitas outras denúncias relacionadas a Colbert que ainda não vieram à tona.

Depois dos pronunciamentos, a sessão foi suspensa e o vereador Paulão se dirigiu à delegacia para prestar queixa contra o prefeito Colbert Martins.

O Acorda Cidade solicitou uma resposta do prefeito Colbert Martins sobre as denúncias contra ele apresentadas hoje e aguarda o retorno.

 

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade