Vereador denuncia negligência no atendimento do HGCA

17/03/2010 às 13h03, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

O líder da bancada governista, Ewerton Carneiro – Tom – (PTN), hoje (17), em seu discurso proferido na tribuna da Casa da cidadania, teceu várias críticas ao atendimento de emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), enfatizando a morte do paciente José de Jesus, ontem, em decorrência da falta de avaliação médica.

Tom informou que a vítima, portadora de hanseníase, recebeu os primeiros socorros na Policlínica da Rua |Nova. Devido o estado delicado que se encontrava, ele foi transferido para o HGCA. “O médico plantonista do Clériston verificou o relatório, porém, ele sequer veio na ambulância para atendê-lo. O paciente sentia muitas dores, apresentava feridas por todo o corpo”, reclamou o vereador.

Segundo Tom, o paciente estava acompanhado da família, que presenciou todo sofrimento, durante muitas horas. O vereador salientou que “devido à negligência no atendimento do HGCA, o paciente retornou a Policlínica da Rua Nova. Na unidade de saúde do Município, os profissionais fizeram o possível para minimizar a dor e proporcionar ao paciente um estado mais satisfatório e humano, inclusive, buscando contato com o coordenador médico do plantão do Clériston, mas, este não se encontrava. Em virtude da falta de apoio do Estado, José de Jesus foi a óbito”, lamentou.

Na oportunidade, o vereador Luiz Augusto – Lulinha – (DEM) afirmou que vários fatos negativos vêm acontecendo no HGCA, por falta de atendimento. Para Lulinha, já passou da hora do Ministério Público tomar uma providência com relação a essa situação. “A gente escuta muitos discursos e entrevistas bonitas sobre as melhorias no Clériston, mas, a realidade é bem diferente. A cada dia as coisas pioram por lá, visto que pessoas estão morrendo por falta de atendimento”, declarou o vereador.

As informações são da Ascom/CMFS
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade