Veja as medidas adotadas pela Câmara de vereadores para conter despesas

A decisão do presidente da Câmara, Antônio Carlos Passos Ataíde, de reduzir despesas no Legislativo, preparando as finanças da Casa para enfrentar a perda de receita o duodécimo, foi anunciada no dia 3 de fevereiro.

06/04/2010 às 18h01, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

A decisão do presidente da Câmara, Antônio Carlos Passos Ataíde, de reduzir despesas no Legislativo, preparando as finanças da Casa para enfrentar a perda de receita o duodécimo, foi anunciada no dia 3 de fevereiro, em reunião realizada com todos os integrantes da Mesa Diretora. Foram adotadas, em caráter emergencial, medidas de contenção de despesas que atingiriam todos os setores do Legislativo feirense.

As principais medidas adotadas pela Mesa Diretora da Câmara de Feira de Santana:

Exonerar 02 Agentes Parlamentares de cada vereador;
Suspensão de todas as gratificações concedidas; suspensão das Sessões Solenes (exceção às comemorativas que constem em Leis ou Resoluções);

Prédio Principal e Anexo: funcionamento do Expediente – 01 Turno – das 07:30 h às 13:30 h; redução do vale transporte de 04 para 02 vales;

Exoneração de estagiários; suspensão do pagamento do 13º Salário dos servidores efetivos, que tinha com base a data de aniversário (conforme Legislação vigente); redução da cota de telefone para os vereadores de R$ 250,00 para R$150,00 e as chefias de R$ 50,00 para R$ 30,00; suspensão temporária do telefone móvel (celular);

Suspensão de todos os congressos de viagens; redução de viagens de motoristas de 05 para 02 por semana; viagens para Salvador dos vereadores de 03 para 02 por mês;

Diminuição do consumo de combustível de R$ 6.000,00 para R$ 3.000,00; diminuição de R$ 3.000.00 para R$ 2.000,00 mensais nas despesas de material de expediente; diminuição de 2.500,00 para R$ 1.500,00 mensais nas despesas de material de consumo; diminuição de R$ 3.000,00 para R$ 2.000,00 mensais nas despesas de material de conservação e reparo;

Suspensão das assinaturas de revistas, perfazendo uma economia anual de R$ 17.456,00; diminuição da cota de selos e correios para os Gabinetes dos vereadores de 40 para 20 selos;
 

Redução do consumo de energia em 20% nas duas Casas; diminuição de cotas de xérox para os Gabinetes de 500 para 400 cópias; suspensão do Contrato de Aluguel do estacionamento, perfazendo uma economia anual de R$ 36.000,00; proposta de R$ 2.980,00 para 2.000,00 do aluguel do Painel Eletrônico ou devolução do mesmo;

Suspensão da divulgação da Câmara Municipal nos programas de rádio, reduzindo R$ 17 mil mensais.

Fonte: Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade