Feira de Santana

Transporte público: funcionários da Rosa encerram paralisação após promessa de pagamento

Prefeito Colbert Martins solicitou por telefone à entidade que a greve fosse suspensa, diz sindicalista

12/01/2022 15h05, Por Laiane Cruz

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Laiane Cruz e Gabriel Gonçalves

Atualizada às 17h03

Paralisados desde a última sexta-feira (7), os trabalhadores da empresa de ônibus Rosa decidiram em assembleia da categoria retornarem às suas atividades. A decisão veio após reunião entre representantes da prefeitura municipal de Feira de Santana e os diretores da empresa.

De acordo com José de Souza, vice-presidente do Sindicato que representa os cobradores e motoristas do transporte coletivo (Sintrafs), o prefeito Colbert Martins solicitou por telefone à entidade que a greve fosse suspensa, pois o pagamento do salário atrasado deverá ser depositado nas contas até esta quinta-feira (13).

Ao Acorda Cidade, o presidente do Sintrafs, Alberto Nery, explicou também que os rodoviários não terão os salários descontados durante estes dias de paralisação.

"Nós sentamos e conversamos com os trabalhadores, inclusive acordamos sobre os dias parados de greve, que não serão descontados dos salários. A empresa não vai fazer nenhum tipo de desconto, e o pagamento sai nesta quinta-feira. Estaremos acompanhando e dando este voto de credibilidade para o prefeito, que sempre que nós ligamos, uma alternativa é buscada para ser solucionada. Os rodoviários entenderam e voltaram a trabalhar mesmo sem os salários terem sido depositados", explicou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Ainda de acordo com Alberto Nery, em nenhum momento o Sindicato foi procurado pelo secretário de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo.

"Eu até estava acompanhando uma matéria sobre o processo da Defensoria Pública e dizia que o secretário tinha sentado à mesa junto com o Sindicato para encontrar alternativas, mas em nenhum momento, nós fomos procurados por ele. Fomos procurados sim, pelo prefeito que conversou algumas vezes e aí sim, conseguimos entrar em um caminho direcionado. Mas o que ocorre é o seguinte, a empresa Rosa desde a pandemia, já vem com essa problemática de não pagar os salários dos trabalhadores, e a empresa São João também conviveu com isso, mas conseguiu pagar os trabalhadores. No entanto, duas empresas que operam no mesmo sistema com caixa único, então o questionamento é o porquê que a empresa não está conseguindo honrar com os pagamentos. Outro detalhe também, é que sempre estamos em busca da auditoria que não terminou", concluiu.

Leia também:

Mesmo com decisão judicial, rodoviários da empresa Rosa continuam paralisados; empresa diz que está pronta para retomar o serviço

Justiça determina a imediata suspensão da greve dos rodoviários da empresa Rosa

Terminal Central está aberto, mas ônibus da Rosa continuam parados

Procuradoria Geral do Município irá obrigar retorno imediato dos rodoviários

Rodoviários da empresa Rosa continuam parados e Terminal Central está fechado

Sem ônibus: rodoviários da empresa Rosa continuam paralisados

Rodoviários da empresa Rosa mais uma vez paralisam atividades por falta de pagamento

 

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade