Feira de Santana

Feira de Santana participa do Campeonato Master de Basquete no estado de Pernambuco

O evento será realizado entre os dias 14 e 19 de junho.

09/06/2022 12h33, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Arquivo Pessoal

Entre os dias 14 e 19 de junho, acontece na cidade de Recife, estado de Pernambuco, o Campeonato Master de Basquete, onde diversos atletas estarão representando o município de Feira de Santana.

Entre eles, está o advogado Dálvaro Neto, que vai jogar na categoria 60+. Em entrevista ao Acorda Cidade, o atleta contou que esta é uma grande oportunidade, para que os jovens, possam ver no esporte, uma chance de escolha e fugir do mundo das drogas.

“Eu comecei a jogar basquete em 1971. Nós vamos participar agora do Campeonato Master, nós somos filiados à Associação Baiana de Basquetebol Master e a Confederação Brasileira de Basquetebol, e vamos para Recife entre os dias 14 e 19 deste mês, disputar mais um Campeonato Norte Nordeste. De Feira de Santana vão eu, professor Eurico Gaspar e Antônio Carlos Lima. Estamos sempre treinando, sempre nos dedicando à prática do basquete e também para incentivar os jovens a prática do esporte, porque através do esporte, vamos tirar muitos jovens da ociosidade e também do tráfico e uso de drogas que estão tomando conta da nossa cidade”, contou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

De acordo com Dálvaro Neto, outros atletas feirenses também irão participar do Campeonato, mas em outras categorias.

“Muitos outros atletas de Feira de Santana, na categoria 40, 45, 50+ vão participar, mas a batuta deste empreendimento ficou a cargo de nós três. Nós contamos com a ajuda de algumas empresas como Corujão, Café 2 de Julho, Flocão de Milho Cuco, e a Matiz Cores e Tintas. A passagem de avião está cara, nós precisamos de uniforme e também precisamos de alimentação e outras coisas lá, e essa ajuda viabilizou. Mais uma vez Feira de Santana está representando o estado da Bahia com três atletas na categoria 60+ em Recife além dos outros atletas na categoria 45 e 50+”, explicou.

Ainda segundo o atleta, o campeonato tem como objetivo propagar o esporte. Ele aproveitou para chamar à atenção do poder municipal.

“O objetivo desta competição é divulgar o basquete. Eu pratico basquete desde os 11 anos de idade, tenho a vontade de jogar mais um pouquinho. Aqui na Bahia e no Brasil temos esta oportunidade porque temos a Associação de Veteranos. Gostaria de alertar ao município, a prefeitura, que libere as praças esportivas, tanto do Oyama Pinto quanto a quadra do Colégio Municipal para viabilizar porque está parado, estamos sem usar estas quadras. O basquete a cada dia fica mais competitivo. Nesta competição vem um time do Maranhão, um do Amazonas, dois de Pernambuco, e um da Bahia. E na competição nacional com certeza vai ter time de Fortaleza, de São Paulo, do Rio Grande do Sul, Brasília, então é competitivo. No basquete só joga quem treina”, concluiu.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade