Feira de Santana

Suspeitos de envolvimento na morte de empresário são apresentados na delegacia

Entre os conduzidos estava uma pfem (policial feminina), cujo mandado judicial foi expedido para o marido dela.

30/07/2014 13h54, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Andrea Trindade

Atualizada às  17:33

Em cumprimento a mandados judiciais, policiais civis e militares conduziram quatro pessoas para a Delegacia de Homicídios, no Complexo de Delegacias de Feira de Santana, no bairro Sobradinho, no final da manhã desta quarta-feira (30). Elas prestarão esclarecimentos sobre suposto envolvimento na morte do empresário Gil Marques Porto Neto, ocorrida no dia 21 de maio deste ano, no Largo São Francisco, bairro Kalilândia.

Entre os conduzidos estava a pfem (policial feminina) Fabiana Kary dos Santos Silva, cujo mandado judicial foi expedido para o marido dela, Gregório dos Santos Teles, que, segundo informações, já foi agente penitenciário. O outro homem conduzido à delegacia é o segurança Marcos Azevedo Menezes, conhecido como ‘Xexeu’.

De acordo com Fábio Moraes, da Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia, a pfem foi conduzida apenas por estar no interior da residência onde o mandado estava sendo cumprido. Ele ressalta que não há, até o momento, informações sobre envolvimento da policial no crime.

“Foi expedido um mandado de prisão para o marido dela e foram encontrados na residência supostos indícios que podem levar à autoria do crime. É um rito policial que durante o cumprimento seja feita a condução, até às autoridades competentes, de todos os presentes no local onde foram encontrados os supostos indícios para que prestem os devidos esclarecimentos. Não existe até o momento algum envolvimento da policial ou mandado de prisão para a mesma, apenas para o marido dela”, afirmou.

Fábio também informou que acredita na conduta da pfem e que se ela soubesse de algum envolvimento do marido no homicídio não continuaria convivendo com o mesmo. “Cada pessoa tem sua vida pautada na coletividade e na individualidade, e pode passar uma imagem diferente dentro do convívio familiar. Sei que ela é uma pessoa idônea e não acredito que ela tendo conhecimento do fato estaria com ele”, concluiu.

O advogado Guga Leal, que defende Fabiana Kary, informou que ela faz parte da PM há 15 anos e confirmou que ela foi conduzida à delegacia, mas que não está sendo relacionada ao crime e não vai ficar presa, pois não teve a prisão decretada.

“Ela veio conduzida por estar na casa de um dos homens que tem o mandado de prisão expedido, que é o marido dela”, informou o advogado. O filho de Fabiana, que estava em casa, também foi conduzido à delegacia, ouvido e liberado.

Uma arma foi apreendida, mas a pfem afirma não ser dela. Segundo o advogado, a arma será periciada para saber se foi ou não utilizada no crime.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Documentos de compra e venda de imóveis foram encontrados na casa da policial. “Foi encontrada uma escritura de uma casa que ela comprou e que estaria transferindo para o nome dela e um contrato de aluguel que seria da residência que ela mora”, afirmou o advogado Guga Leal. Uma quantia em dinheiro, um rádio transceptor, um punhal, carteiras de agente penitenciário, munições, distintivo de agente penitenciário, cheques preenchidos e o documento de um veículo também foram apreendidos.

O crime

Gil Porto Neto foi assassinado por volta das 19h do dia 21 de maio, quando conduzia um veículo BMW branco, de placa OLF-2525. Ele foi alvejado com sete tiros, sendo quatro deles no rosto. Segundo populares, dois homens em uma motocicleta de cor vermelha efetuaram os disparos e fugiram. Baleado, Gil Porto perdeu o controle do veículo, que subiu em uma calçada e colidiu em um muro. O empresário ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital São Matheus, mas não resistiu.

Foto: Arquivo Ed Santos/Acorda Cidade

Fotos: Aldo Matos/Acorda Cidade

Informações do repórter Aldo Matos do programa Acorda Cidade.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade