Paralisação dos Coletivos

Surpreendidos com a paralisação, passageiros se concentram em pontos de ônibus

Em entrevista ao Acorda Cidade, o aposentado Sebastião Campos da Silva informou que estava no ponto há mais de uma hora. Ele destacou a falta de respeito com os populares.

21/01/2021 08h35, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Após os trabalhadores das empresas de ônibus Rosa e São João paralisarem as atividades nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (21), os passageiros foram surpreendidos com a falta dos coletivos rodando na cidade.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o aposentado Sebastião Campos da Silva informou que estava no ponto há mais de uma hora. Ele destacou a falta de respeito com os populares.

"Isso é uma falta de vergonha, uma falta de respeito dos representantes da cidade, deixando a população aí sem transporte uma hora dessa. Vim saber da paralisação agora porque a mulher ali me disse", explicou.

Aguardando o ônibus da empresa Rosa para se deslocar até o bairro Parque Lagoa Subaé, a auxiliar de serviços gerais, Rita de Cássia também reclamou da falta do transporte.

"Eu vim do trabalho e estou indo para casa, não sabia que os ônibus estavam paralisados. Estou aqui no ponto já tem mais de uma hora", disse.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

A estudante Victória Cordeiro explicou que por conta da paralisação dos coletivos, estava no aguardo do transporte alternativo.

"Eu cheguei aqui no ponto agora, mas já sabendo que está sem ônibus, então vou aguardar um transporte alternativo, alguma van porque estou indo para o trabalho lá na Avenida Noide Cerqueira. É muito complicado ter que esperar e isso gera um grande transtorno", informou ao Acorda Cidade.

A operadora de caixa, Geovana Santos estava aguardando um transporte alternativo para o bairro Cidade Nova e explicou que geralmente leva-se em média de 30 a 40 min para passar o ônibus em dias normais.

"Eu fui surpreendida com essa notícia da paralisação, mas mesmo assim em dias normais, o tempo que fico aqui aguardando no ponto é de 30 a 40 minutos", finalizou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Leia também: 

Trabalhadores de empresas de ônibus paralisam as atividades nesta quinta-feira (21)

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade