Sindicato quer salário de R$ 700,00 para comerciários

O sindicalista Délcio Mendes Barbosa acha que o reajuste é possível, mas o sindicato patronal acha 40% um índice impraticável.

14/10/2009 às 11h56, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Em assembléia realizada na sede do sindicato da categoria, os comerciários de Feira de Santana decidiram encaminhar reivindicação de reajuste de 40%, elevando o piso salarial de R$500,00 para R$700,00.  O sindicalista Délcio Mendes Barbosa acha que o reajuste é possível e defende que o profissional da área seja mais valorizado.

“Hoje sabemos que no Brasil inteiro os comerciários formam a maior categoria de trabalhadores”, disse Délcio, argumentando que as conquistas salariais dos empregados acabam trazendo vantagens o próprio comércio. Sobre a viabilidade do sindicato patronal aceitar a proposta, ele afirmou que a reivindicação não somente é possível, como justa. 

Por sua vez, o presidente do Sindicato do Comércio, José Carlos Moraes Lima, informou que ainda não recebeu a proposta, mas antecipou que um reajuste no patamar anunciado é inviável. “Não podemos aceitar”, disse Moraes, que considera 40% um índice impraticável.

Sem fechar questão, já que a proposta será levada para a mesa de negociação, José Carlos Moraes informou que a questão será avaliada para se chegar a uma conclusão. Ele lembrou também que o comerciário de Feira de Santana tem “o melhor piso do comércio na Bahia”.

Madalena de Jesus

Com informações do repórter Paulo José.
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade