Sete empresas têm propostas para a ponte da Ilha de Itaparica

21/03/2010 às 10h04, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

O governo baiano vai divulgar no Diário Oficial (D.O.) de amanhã, e terça-feira nos jornais de grande circulação, o resultado das Propostas de Manifestação de Interesse (PMI) sobre a ponte Salvador-Itaparica. Sete empresas fizeram quatro propostas, algumas em forma de consórcio. São elas Norberto Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa, Panos Engenharia, Serveng Civil San, AGR Estruturadora e Albino Advogados Associados.

O secretário Walter Pinheiro (Planejamento) afirmou que, no mesmo D.O., sairá o primeiro passo para a realização da segunda etapa: a formação de um grupo de trabalho que vai preparar a licitação da consultoria que fará a modelagem do projeto. É a fase em que acontecerão as audiências públicas. Pinheiro acredita que a licitação final, a que vai deflagrar o processo de construção propriamente dito, só deve acontecer lá para meados do próximo ano. E acha que o resultado da PMI é um indicador positivo de que a ponte é possível e viável. Informações da coluna Tempo Presente do jornal A Tarde.
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade