Secretário e vereador são denunciados por morte em desabamento de coreto

O Ministério Público denunciou o secretário de Obras e Infraestrutura de Conceição do Coité, José Venandro Ferreira, e o vereador Adalberto Neres Pinto Gordiano.

20/04/2010 às 17h45, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

O Ministério Público Estadual apresentou uma denúncia no Juízo Criminal da Comarca de Conceição do Coité (a 234 km de Salvador) contra o secretário de Obras e Infraestrutura do Município, José Venandro Ferreira da Silva, conhecido como Landinho, e o vereador Adalberto Neres Pinto Gordiano, apelidado de Betão. O pedido é que os dois sejam julgados e condenados pela morte de Laurimar Carneiro, 71 anos, e pelas lesões corporais em mais de 50 pessoas causadas pelo desabamento do teto do coreto situado na Praça da Matriz em 7 de março.

No site oficial do Ministério Público, o promotor de Justiça responsável pela denúncia, Raimundo N. S. Moinhos, destacou que conforme apurado nas investigações policiais, o coreto foi construído pelo Poder Público Municipal em terreno de propriedade da Igreja Católica há mais de 60 anos, sofrendo ao longo desse tempo poucas intervenções do município para reformá-lo.

As vítimas estavam entre as três mil pessoas que participavam de um bingo. Elas haviam procurado abrigo no coreto quando começou a chover e ventar forte no local.

O secretário José Venandro foi procurado pela reportagem do A Tarde, mas informou apenas que já entregou o documento de defesa e que não quer comentar o assunto.

O vereador Betão alegou que "como vereador, e de oposição, não teria como tomar providências. Fiz o que podia ser feito, que era comunicar à igreja sobre as deficiências do coreto, apontadas pelo secretário”.

 

Informações do A Tarde Sucursal Feira de Santana.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade