Doenças respiratórias

Chegada do inverno e festejos juninos podem agravar alergias e doenças respiratórias

O inverno começou oficialmente no dia 21 de junho e com ele as temperaturas mais baixas promovem mais aglomerações.

22/06/2022 09h22, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Agência Brasil/Arquivo

No Nordeste, os festejos juninos e a chegada do inverno coincidem, trazendo um alerta para as doenças respiratórias e alergias, que tendem a aumentar devido ao frio e a fumaça causada pelas fogueiras, tradição nos festejos. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, cerca de 30% da população mundial é afetada por alergias.  

Durante o inverno, os níveis de poluentes no ar costumam causar irritação das vias respiratórias, somado a fumaça das fogueiras e dos fogos de artifício, tende a intensificar os sintomas, principalmente em pessoas com doenças respiratórias crônicas ou com tendência para a irritação.   

As principais doenças respiratórias são asma, bronquite crônica, pneumonia, rinite alérgica, sinusite e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). A exposição a fumaça e ao clima seco do inverno pode agravar o quadro de pessoas que já possuem as doenças. 

Exames de Imagem 

Os exames de imagem auxiliam no diagnóstico e acompanhamento dessas doenças, garantindo o devido tratamento e cuidados com o tempo frio e processos alérgicos desenvolvidos nesse período. Os principais exames são de raio-X do tórax, ultrassom do peito, tomografia computadorizada e ressonância magnética do tórax.  

Mensalmente o IHEF Imagem realiza cerca de 13 mil exames essenciais para a descoberta de doenças que atingem o sistema respiratório, entre elas, doenças mais graves que podem levar a óbito.  

“Os exames de imagem são importantes para descoberta prévia de doenças respiratórias, consequentemente, aumentando a margem de cura ou de uma melhor qualidade de vida. Esses exames de imagem podem identificar câncer, tumores, pneumonia, fibrose pulmonar entre outras patologias”, destaca Albert Brandão, gerente de operações do IHEF imagem. 

Saber se possui algumas dessas doenças é fundamental para saber o que evitar e quais cuidados tomar, a exemplo da exposição a fumaças no período de São João, portanto, a realização de exames se torna uma importante ferramenta para evitar maiores transtornos.  

Confira como algumas atitudes simples podem evitar doenças como gripe, rinite e laringite, de acordo com o Ministério da Saúde:  

1- Devemos usar umidificador, bacia com água ou toalha molhada no quarto para diminuir o ar seco;  

2- Estar sempre em ambientes arejados;  

3- Evitar o tabagismo;   

4- Se hidratar bastante é primordial para evitar o ressecamento das mucosas;   

5- Lavar as roupas e os cobertores que ficaram muito tempo no armário antes de usar; 

6- Manter os cuidados contra o coronavírus (lavar sempre as mãos, uso de máscaras, distanciamento social e uso de lenços descartáveis). 

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade