São João

Tenente do Corpo de Bombeiros orienta sobre prevenção de acidentes no período junino

Ele falou também sobre como as pessoas devem agir em casos de queimaduras.

23/06/2022 17h52, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Durante as festas juninas, os acidentes e queimaduras com fogos e fogueiras são muito comuns. O tenente do Corpo de Bombeiros, Maurício Vieira do 2º Grupamento de Bombeiros Militares (2º GBM) em entrevista ao Acorda Cidade deu as principais orientações para prevenção de acidentes neste período e alertou para os cuidados com crianças e pessoas mais vulneráveis.

“Nessa época do ano é muito comum a utilização de fogos de artifício, além dos acidentes domésticos que ocorrem durante todo o ano com panelas, água fervendo e tem alguns cuidados domésticos que a gente deve ter principalmente em relação as crianças. Os cabos de panela sempre devem ficar voltados para dentro, deve-se observar as condições do botijão, observar a validade da mangueira e do registro e nessa época do ano é importante o cuidado com acendimento das fogueiras e a utilização dos fogos de artifício. Quando da utilização de fogos e das fogueiras as crianças são as mais propensas a se acidentarem justamente por serem mais vulneráveis. O recomendado é que durante todo o tempo estejam sob a supervisão de um adulto, inclusive utilizando os fogos para a sua classificação indicativa. É importante que os pais ao presentearem as crianças nesta época do ano, seja com chuvinhas, traques de massa, fogos de menor potencial, mas ainda assim não as deixem sozinhas utilizando esses fogos e perto das fogueiras”, frisou.

Maurício Vieira falou também sobre como as pessoas devem agir em casos de queimaduras. Ele explicou que eles se dividem em graus, sendo: 1º, 2º e 3º e cada uma tem a sua particularidade.

“O 1º grau é uma queimadura bastante superficial que não chega a danificar muito as camadas da pele, e deve-se colocar água, resfriar o local e após o alívio, no máximo usar uma pomada hidratante. Da mesma forma de 2º, que vai atingir tecidos mais internos. Deve-se evitar passar manteiga, óleos, ou cremes. Usar apenas o hidratante depois que o alívio vier. As queimaduras de 3º grau podem alcançar nervos, músculos, vasos sanguíneos e essas o paciente deve ser conduzido imediatamente para o hospital, independente de crianças, adultos ou idosos”, salientou.

O tenente comentou que no caso de atendimento clínico às vítimas de queimaduras deve-se ser acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e em situações de incêndio ou danos estruturais, ocorrências diversas em relação a incêndio, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado.
Dicas para evitar acidentes nas festas juninas.

Maurício listou também algumas dicas para as pessoas que vão acender fogueiras. De acordo com ele, não se deve usar álcool, nem em gel e nem líquido. O álcool é um material extremamente volátil e pega fogo de maneira muito rápida. O ideal é usar galhos finos e colocar um pouco de óleo ensopado no papel na parte de cima da fogueira.

“Ali o fogo vai descendo e pegando nos troncos mais grossos da base. Deve-se evitar uma fogueira muito alta, recomendamos que a fogueira não passe de um metro e deve-se observar as condições de vento, que a depender do vento, pode levar uma fagulha para um local e ali iniciar um princípio de incêndio. Evitar proximidade de veículos, de rede elétrica, de postes, calçadas e outros materiais que perto de fagulhas podem iniciar um princípio de incêndio”, destacou.

Outro alerta do bombeiro foi em relação os fogos, principalmente os fogos de artifício. Ele afirmou que é preciso muito cuidado ao manusear esses produtos, pois além de queimaduras pela temperatura podem expandir partículas por conta das explosões e gerar também um dano mecânico. A pessoa pode ter um ferimento grave ou até um acidente fatal.

Ele encerrou a entrevista afirmando que o Corpo de Bombeiros está sempre de prontidão para atender as ocorrências.

“Estamos com o nosso serviço 24h para atendimento das diversas ocorrências, bem como o serviço da sessão de atividades técnicas fazendo trabalho de prevenção”.

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias São João

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade