EcoFolia Solidária

Secretarias promovem ações de empoderamento e inclusão de mulheres catadoras de latinhas

‘Cuidar de quem cuida’, as catadoras recebem atendimentos para o seu bem-estar e participam do projeto EcoFolia Solidária.

23/06/2024 às 06h34, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

catadoras
Foto: Bruno Hierro

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda (Setre) estão promovendo ações no São João da Bahia 2024 para beneficiar as mulheres catadoras de latinhas, que estão atuando no Parque de Exposições, em Salvador. No espaço ‘Cuidar de quem cuida’, as catadoras recebem atendimentos para o seu bem-estar e participam do projeto EcoFolia Solidária, coordenado pela Setre em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e Desenvolvimento Urbano (Sedur).

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

A superintendente da SPM, Luciana Mandelline, detalhou que o “Cuidar de quem cuida” é uma iniciativa para promover o acolhimento as catadoras após o trabalho. “Elas vêm aqui, recebem um atendimento, recebem uma massagem, recebem um acolhimento, um atendimento psicológico para poderem se reorganizar para estar aqui no outro dia”, explicou Luciana.

O EcoFolia Solidária não apenas promove a limpeza do espaço após a festa, mas também gerencia a reciclagem dos materiais coletados, transformando-os em recursos de valor. O projeto garante melhores condições nas atividades desenvolvidas pelas trabalhadoras e atendimento humanizado valorizando o trabalho e gerando solidariedade.

catadoras
Foto: Bruno Hierro

Sônia dos Santos, presidente da cooperativa Caec, garante que o apoio das secretarias as cooperativas ajudam no sustento, rentabilidade e proteção e dignidade as cooperadas. “Nós mulheres geramos nosso emprego e renda e aqui nos ajuda a levar o sustento para dentro de casa. Não só o sustento como também o respeito das pessoas então é muito importante porque ganhamos nossos Epi’s, trabalhamos fardadas”, disse.

catadoras
Foto: Bruno Hierro

Luciana Mandelli acredita na colaboração entre as entidades governamentais para promover o empoderamento das mulheres catadoras de recicláveis e outras mulheres que trabalham no parque durante o evento. As cooperativas de reciclagem locais, apoiadas pelo projeto EcoFolia Solidária, empregam a coleta eficiente dos materiais recicláveis no Ecoponto do Parque de Exposições de Salvador. As secretarias envolvidas oferecem ainda o apoio e fiscalização garantindo segurança e suporte as catadoras na hora de negociar os recicláveis.

A presidente da Cooperlix explicou a importância da atuação das cooperativas. “Ter uma renda digna e sair das mãos dos atravessadores de ferro velho, aqui na Central ganha fardamento, EPI´s e a latinha é comprada com um preço digno”, falou.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade