Tradição e Saúde

Empresa gastronômica revoluciona cardápios de São João com receitas saudáveis

Sabrina Leão, chef de cozinha da Bem Viver Gastronomia, apresenta um cardápio saudável e saboroso para as festas de São João.

21/06/2024 às 16h55, Por Jaqueline Ferreira

Compartilhe essa notícia

Bolo
Foto: Reprodução/Instagram

No São João, a tradição culinária é rica e variada, trazendo à mesa os sabores autênticos da cultura nordestina. É possível unir essas delícias tradicionais a uma alimentação mais saudável sem comprometer o sabor. Além disso, muitas pessoas são alérgicas a vários alimentos, e preparar pratos sob medida garante que ninguém fique de fora da fartura que é o São João.

Os pratos típicos, como bolo de milho, pamonha e canjica, podem ser adaptados com ingredientes integrais, menos açúcar e gordura, além de opções sem glúten e lactose. Substituições inteligentes, como usar leite de coco em vez de leite de vaca e farinha de arroz no lugar da farinha de trigo, permitem criar versões mais inclusivas e saudáveis dessas iguarias tradicionais.

Pensando nisso, a reportagem do Acorda Cidade foi conhecer uma empresa gastronômica focada em alimentação saudável, criada pela chef de cozinha Sabrina Leão e a nutricionista Geralda Rodrigues há mais de 10 anos, a Bem Viver Gastronomia. Elas explicam como montar um cardápio junino sem recorrer ao exagero, sem acabar com a dieta e respeitando restrições alimentares. 

Bem viver gastronomia
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Buscamos as principais comidas típicas da época, que são o bolo de tapioca, de aipim, de milho, buscamos colocar canjica, mugunzá, tudo voltado para o São João, levando em consideração que tudo é feito de forma saudável. A gente não adiciona açúcar, sempre busca os melhores adoçantes, o melhor tipo de farinha para fazer a substituição, mas a gente sempre busca o que as pessoas gostam de consumir”, explicou Sabrina Leão. 

A nutricionista explicou que a empresa nasceu justamente com o objetivo de atender pessoas que possuem restrições alimentares e incluí-las em eventos gastronômicos como o São João. Não dá para se pensar nas festividades juninas sem os sabores que ele traz. 

“Foi com o objetivo de atender essas pessoas com uma alimentação mais saudável, mas principalmente, uma alimentação que agrade ao paladar, foi que a Bem Viver nasceu. Atendemos todos os públicos, mas uma parte são aqueles que querem uma alimentação saudável, sem glúten, sem lactose, sem açúcar, que prezam por uma rotina mais saudável, tanto de alimentos no sabor doce quanto no salgado”, explicou Geralda Rodrigues.

Para a chef de cozinha, o grande desafio é mostrar para as pessoas que o saudável é tão gostoso quanto saboroso, sem excessos de doce ou salgado. O equilíbrio deixa o prato ainda mais apetitoso ao paladar.

“O saudável é o equilíbrio. Sempre buscamos um sabor muito redondo, muito gostoso. O difícil é mostrar para o cliente que é gostoso. Existe um preconceito porque as pessoas acham que porque é saudável, é ruim, e não é verdade”, disse Sabrina.

Preparação e Ingredientes

Desde abril, a chef e sua equipe estão realizando testes para encontrar as melhores substituições e alcançar o sabor perfeito. Para substituir o açúcar e a lactose, a Bem Viver Gastronomia conta com a orientação da nutricionista.

Bem viver gastronomia
Sabrina Leão | Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Hoje a gente busca os adoçantes que são os mais indicados pelos nutricionistas, então sempre que fazemos alguma compra, pedimos a orientação da doutora Geralda especialista em nutrição e entende, sabe o que é melhor nutricionalmente falando. Eu fico com a parte da gostosura e ela da saúde”, declarou Sabrina. 

Conforme as orientações de Sabrina, a farinha de trigo é substituída por um mix de farinhas de caju, amendoim, que proporcionam um resultado similar e combinam com o período junino. O milho ou o flocão, também são destaque, sendo uma alternativa sem glúten recomendável para celíacos.

“O milho é um produto barato, de fácil acesso e sem glúten. Ele também tem valor nutricional, sabor e combina com muitos pratos”, explica Sabrina.

Delícias do São João

Para oferecer um cardápio fiel aos gostos de uma tradicional mesa junina, Sabrina afirma que não adianta tirar as tradicionais receitas que o pessoal gosta, o correto é incluir ingredientes típicos nas receitas para que ninguém fique fora da festa. 

“Por exemplo, o nosso bolo de aipim não tem nenhum tipo de farinha. É feito com xilitol. Quando se fala em leite, hoje em dia a gente tem muita coisa para substituir. Se a pessoa preferir zero lactose é ainda mais fácil, mas quem busca algo zero leite, temos hoje o leite de castanha, o próprio leite do amendoim e uma infinidade de leites de origem vegetal que super combinam com o São João”, acrescentou Sabrina.

A manteiga também pode ser substituída por opções sem lactose ou, para quem tem alergia, pela manteiga de coco.

Com o São João cada vez mais próximo, as encomendas estão em alta. Elas estão produzindo uma variedade de sabores para a época, como bolos de aipim, milho, tapioca com doce de leite, milho com goiabada, aipim com cocada, mungunzá, e canjica. Os bolos estão custando R$ 29,00. 

“A gente trabalha com muita coisa, com quase todos os tipos de refeição praticamente. A oferta nessa época é dos produtos juninos, mas a gente também oferece marmitas saudáveis com zero glúten, zero lactose, sobremesas sem açúcar, com chocolate, tortas de uma forma em geral, sanduíches e saladas”, indicou a nutricionista.

Além disso, a nutricionista explicou o quanto o leite, o açúcar e o glúten são alimentos inflamatórios, portanto, restringir a alimentação a eles traz mais benefícios para a saúde.

Bem viver gastronomia
Geralda Rodrigues | Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“O açúcar por si só já inflama, o glúten e lactose não são inflamatórios, mas são pró-inflamatórios. O que isso significa? Se a pessoa tiver uma inflamação crônica no organismo, por exemplo, a gordura proveniente de um sobrepeso, a gente diz que ela está inflamada. Para essas pessoas, esses ingredientes podem inflamar ainda mais as pessoas, abrir portas para o aparecimento de outras doenças”, explicou. 

De acordo com Geralda Rodrigues, desinflamar o cardápio, é justamente eliminar ou realizar as substituições inteligentes por produtos mais saudáveis.  

As lojas ficam localizadas na Avenida Santo Antônio, nº 151, bairro Capuchinhos e no Shopping Avenida, na Av. Nóide Cerqueira, mas as pessoas podem fazer as encomendas pelo número @bemviver.comidasaudavel 75 99137 – 0687 (WhatsApp). 

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade