Reajuste proposto pelo Sincol é quase o dobro do percentual estipulado pela SMTT

O secretário Frankles informou que há divergências de percentuais entre o apresentados planilha apresentada pela SMTT

14/04/2010 às 12h11, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Os membros do Conselho Municipal de Transporte (CMT) se reunirão na tarde  desta quinta-feira (14), véspera da Micareta, para discutir proposta de aumento de tarifa do transporte coletivo em Feira de Santana, como aconteceu no ano passado.

Secretário Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), Flailton Frankles (Foto: Andréa Trindade/Acorda Cidade)

Em entrevista ao Acorda Cidade, o secretário Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), Flailton Frankles informou que o Sindicato das Empresas de Transportes de Feira de Santana (Sincol) apresentou uma planilha cujos números percentuais revelam divergências em relação a planilha apresentada pela SMTT, de quase o dobro.

Enquanto a planilha apresentada pela Secretaria mostra um reajuste de 8,5%, que equivale ao acréscimo de R$ 0,17 ao valor atual da passagem (R$ 2,00), o Sincol apresenta uma tabela com reajuste de 16,5%. Com esse reajuste a tarifa sobe para R$ 2,33. 

Flailton Frankles informou essas divergências de valores serão discutidas pelo conselho, mas que é necessário que se esclareça a comunidade que o aumento anual do valor da tarifa do transporte coletivo urbano é uma realidade nacional, e não apenas em Feira de Santana.

Ele disse ainda que o aumento está relacionado principalmente às elevações de insumo como o de pneus e combustível e que a data escolhida para a realização da reunião faz parte de um calendário da própria Secretaria.

Leia também: Vereador entra com representação para impedir aumento da passagem de ônibus
 

Andréa Trindade

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade