Procon realiza ação contra a Confenen

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor da Bahia (Procon) ajuizou ação civil pública contra a Confederação Nacional de Estabelecimentos de Ensino (Confenen) e a empresa de proteção ao crédito Check-Check, por causa da criação e manutenção do Cadastro Nacional dos Estudantes Brasileiros (Cineb), prática considerada inconstitucional e ilegal. A superintendente do Procon, Cristiana […]

28/09/2009 14h39, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor da Bahia (Procon) ajuizou ação civil pública contra a Confederação Nacional de Estabelecimentos de Ensino (Confenen) e a empresa de proteção ao crédito Check-Check, por causa da criação e manutenção do Cadastro Nacional dos Estudantes Brasileiros (Cineb), prática considerada inconstitucional e ilegal.

A superintendente do Procon, Cristiana Santos, afirmou que a ação não tem por objetivo questionar o direito dos estabelecimentos de ensino a receber as mensalidades que lhes são devidas, mas os meios que estão sendo usados para isso.

O problema está em saber se um estabelecimento de ensino privado tem o direito de se recusar a receber, por transferência, um aluno que nada deve ao mesmo, em virtude do seu pai ou responsável financeiro ter tido seu nome negativado no Cineb por estar devendo mensalidades a outra escola, ou se esta conduta fere, como sustenta o Procon, o direito de acesso à educação”, disse.

Ainda de acordo com Cristiana, o objetivo do Cineb é o de burlar a lei das mensalidades que diz que os estabelecimentos de ensino deverão expedir, a qualquer tempo, os documentos de transferência de seus alunos, independentemente de sua inadimplência. “Como não podem fazer uso de tais recursos, as instituições de ensino privado criaram o cadastro, o que possibilita que elas se recusem a receber, por transferência, quem está devendo à escola de origem”, destacou

Ibahia

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade