Feira de Santana

Prefeitura vai investigar inconsistências em notas fiscais do Hospital de Campanha

O prefeito Colbert Martins informou que já foi solicitado que a empresa responsável pela gestão do hospital preste os devidos esclarecimentos.

15/04/2021 10h21, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

O Governo Municipal está solicitando da empresa que administra o Hospital de Campanha, explicações acerca de inconsistências em algumas notas fiscais apresentadas na prestação de contas. O hospital é gerido por uma empresa privada escolhida mediante licitação. Porém, cabe a prefeitura fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.

O prefeito Colbert Martins da Silva explicou que a prefeitura repassa os recursos diretamente para a empresa fazer a gestão do hospital, conforme os parâmetros legais e que ao surgirem dúvidas com relação as notas fiscais e serviços prestados, a prefeitura já comunicou o fato a empresa para que sejam feitos os devidos esclarecimentos.

“Seguiremos todos os meios legais necessários para que todos os esclarecimentos sejam claramente respondidos e principalmente para que não paire nenhuma dúvida sobre o uso correto dos recursos públicos, principalmente nesta epidemia. Queremos manter o melhor funcionamento efetivo do nosso Hospital de Campanha que segue cumprindo a sua missão fundamental de ajudar a salvar vidas”, declarou.

Colbert frisou ainda que desde que começou a funcionar, o Hospital de Campanha já atendeu mais de mil feirenses.

A S3 Gestão em Saúde, empresa que administra o hospital, disse ao Acorda Cidade por meio de nota que recebeu com surpresa a declaração do Prefeito Colbert e que nunca deixou de prestar contas sobre o uso dos recursos públicos à Secretaria Municipal de Saúde.

Leia na íntegra:
 

Nota de Esclarecimento

A S3 Gestão em Saúde, gestora do Contrato nº 329-2020-11C, que tem por objeto a gestão e operacionalização do Hospital de Campanha do Município de Feira de Santana, recebeu com surpresa a declaração do Prefeito Colbert Martins na manhã desta quinta-feira (15), através de vídeo divulgado na
imprensa, pois as supostas irregularidades narradas no vídeo têm sido objeto de apuração nas prestações de conta mensalmente encaminhadas pela instituição à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sem qualquer tipo de questionamento adicional que sugerisse elemento de suspeição sobre a regularidade dos
procedimentos adotados na unidade de saúde.

A S3 Gestão em Saúde vem a público esclarecer que há quase 12 meses vem realizando a gestão do Hospital de Campanha de Feira de Santana, sem nunca ter deixado de entregar as prestações de contas sobre o uso dos recursos públicos à SMS, respondendo, sempre que solicitada, a todos os questionamentos elaborados na atividade de fiscalização municipal.

Todos as despesas assumidas para a execução das atividades assistenciais e administrativas do Hospital de Campanha foram contratadas e geridas de maneira íntegra e transparente pela instituição, perseguindo a excelência na qualidade dos serviços de forma ética e eficiente, honrando com o seu
compromisso institucional para salvar vidas neste momento de pandemia.

A S3 já entrou em contato com a Prefeitura de Feira de Santana para entender melhor a situação, se colocando à disposição para apresentar todos os documentos solicitados e responder a quaisquer questionamentos formulados pelo Poder Público local.

Antemão, a empresa nega a existência de quaisquer irregularidades na gestão do hospital, se colocando à disposição para esclarecer quaisquer situações jurídico-administrativas formuladas pela Prefeitura 
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade