Feira de Santana

Prefeitura ainda não tem data para transferência de feirantes da Marechal Deodoro

Secretaria dialogará com os ambulantes para verificar qual local desejam aderir dentro do projeto novo centro.

22/12/2020 às 06h55, Por Andrea Trindade

Compartilhe essa notícia

Gabriel Gonçalves

Com a chegada dos festejos de fim de ano e aquecimento de vendas no comércio, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana, em acordo com entidades empresariais, decidiu suspender as obras do projeto novo centro para evitar poeiras nas lojas e congestionamento no trânsito.

De acordo com o secretário Antônio Carlos Borges Júnior da Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), alguns vendedores ambulantes ainda estão no centro comercial, pois as obras ainda não foram iniciadas nos determinados locais.

"Nós fizemos um trabalho com planejamento e atendendo às especificidades de cada local e em função da obra do projeto novo centro, existe um cronograma onde iniciamos pelas Ruas Recife, Senhor dos Passos, Leonardo Borges, Marechal Deodoro e Sales Barbosa, terminando a primeira etapa com Olímpio Vital e Barão do Cotegipe. Existem algumas barracas que precisam ser deslocadas, mas essas estão mais dispersas do centro e como as obras ainda não estão sendo realizadas nesses locais, deixamos para a segunda etapa, assim como o ajuste com o artesanato que são blocos de artesãos que ainda não foram viabilizados conforme o acordo que temos com o Consórcio Feira e a Associação dos Artesãos", explicou o secretário ao Acorda Cidade.

Segundo Borges Júnior, os vendedores de frutas e verduras que ficam na Rua Marechal Deodoro terão esse período para venderem os produtos, e quando as obras forem retomadas, a secretaria dialogará com os ambulantes para verificar qual local desejam aderir dentro do projeto novo centro.

"Ainda não tomamos nenhum posicionamento quanto a isso, até mesmo porque as obras não avançaram da forma como a gente imaginou. Por conta do acordo com os lojistas, suspendemos as obras e estamos fazendo alguns ajustes que forem necessários, então nesse período os feirantes da Marechal e Bernardino vão se manter, mas estamos buscando ações para que a gente possa conforme diálogo buscar qual o interesse de local que eles desejam dentro do projeto novo centro", finalizou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Pontilhão

Feira de Santana

Pontilhão que liga os conjuntos Feira IX e Feira IV será reconstruído na próxima semana

A informação é do vereador Pastor Valdemir que, em pronunciamento na Câmara, comemorou a execução dos serviços pela Prefeitura na...

23/05/2024 às 17h04

Núcleo Agenda Bahia do Trabalho Decente

Feira de Santana

Núcleo da Agenda Bahia do Trabalho Decente é implantado em Feira de Santana 

A iniciativa do Governo do Estado, visa difundir os princípios do trabalho e obter contribuições para elaboração de políticas públicas....

23/05/2024 às 17h00

‘Café com Aroma de Cidadania’

Feira de Santana

Receita Federal incentiva doações para programas sociais através da declaração do Imposto de Renda; saiba como doar

O prazo para entrega do Imposto de Renda 2024 termina no dia 31 de maio.

23/05/2024 às 16h32

Lei Paulo Gustavo

Feira de Santana

Prefeitura promove oficina de elaboração de prestação de contas da Lei Paulo Gustavo no dias 4 e 5 de junho

As aulas vão ocorrer no Teatro Margarida Ribeiro. O primeiro dia da oficina, dia 4 de junho, será das 8h...

23/05/2024 às 15h51

Presidente do Conselho Tutelar - Antônio de Jesus Correia

Maio Laranja

Conselhos Tutelares apelam à sociedade que denuncie abusos sexuais a crianças e adolescentes

O presidente do Conselho número 2, Antônio de Jesus Correia, usou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para falar sobre...

23/05/2024 às 15h26

Taxistas

Feira de Santana

Presidente do Sincaver responde sobre queixas feitas por associação na Câmara: ‘A vistoria é a mesma de 30 anos atrás’

Conforme Liomar Ferreira, as vistorias tem o objetivo de garantir conforto e segurança ao taxista, como também ao passageiro.

23/05/2024 às 12h08

image

Rádio acorda cidade