Prefeito diz que está sobrando mamografia

Tarcízio Pimenta vai acompanhar de perto a questão da marcação e realização de mamografia na rede pública de saúde.

09/09/2009 09h19, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O prefeito Tarcízio Pimenta vai acompanhar de perto a questão da marcação e realização de mamografia na rede pública de saúde. Em resposta às reclamações sobre a suspensão da campanha anual do exame, ele justificou que o serviço municipal não somente tem o quantitativo necessário para atender toda a demanda nessa área, como está funcionando abaixo da capacidade.

“Não há necessidade de fazer o exame a qualquer custo”, disse o prefeito, referindo-se à campanha. Em entrevista ao programa Acorda Cidade, ele garantiu que será feita uma verificação cuidadosa, mas antecipou que A maioria das clínicas e empresas credenciadas pelo SUS para fazer mamografia estabelecem cotas e isto tem sido cumprido.

Através do CMDI, segundo Tarcízio Pimenta, está atendendo abaixo de sua capacidade em termos de mamografia, o que comprova que não há necessidade de uma nova campanha. “Basta se dirigir a qualquer unidade e solicitar o seu exame”, simplificou o prefeito, afirmando que vai orientar o secretário João Carlos Cavalcante para criar um núcleo de atendimento aos casos de dificuldade.

Contrariando as informações do prefeito sobre a facilidade de atendimento para realizar mamografia, várias pessoas se manifestaram sobre o assunto durante o programa. As queixas vão desde a ausência de médicos nas unidades de saúde, à demora para marcar e fazer o exame e até receber o resultado.

Ouça a entrevista com o prefeito no PodCast.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade