Política

Câmera registra momento em que apoiador de Bolsonaro invade festa e mata guarda municipal

Ele também foi atingido por tiros e está internado, segundo a polícia.

10/07/2022 18h21, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Câmera de Segurança

Uma câmera de segurança registrou o momento em que um apoiador de Bolsonaro invadiu uma festa de aniversário e matou o guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Aloizio de Arruda, de 50 anos a tiros.

ASSISTA AO VÍDEO AQUI

O agente foi assassinado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na noite de sábado (9), no salão de festas de uma associação.

Segundo a polícia, o homem que atirou contra Marcelo Arruda é o policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho. O Boletim de Ocorrência do caso cita que o atirador chegou ao local gritando “aqui é Bolsonaro!”. Guaranho se identifica em redes sociais como apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ao ser atingido por Guaranho, Marcelo Arruda, que estava armado, revidou e atirou nele. Nas imagens da câmera de segurança, o tesoureiro do PT aparece caindo no chão do salão após ser atingido por um primeiro tiro.

O atirador faz então um segundo disparo, conforme mostra o vídeo. Em seguida, uma mulher – que, segundo a polícia, seria a esposa de Marcelo – tentou impedir que o atirador continuasse e o empurrou.

Até a última atualização desta reportagem, não havia uma informação precisa sobre o estado de saúde de Guaranho. A Polícia Civil chegou a informar que ele havia morrido, mas, mais tarde, voltou atrás e afirmou que ele está internado no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

Fonte: G1

Leia também:

Líder do PT é morto a tiros na própria festa de aniversário

No Twitter, Jerônimo se manifesta sobre morte de Marcelo Arruda e repudia violência na política

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Crispiniano de Santana Silva disse:

    Até que ponto chegamos em relação ao direito de se manifestar em relação a escolha da posição política no Brasil gerando mortes de pessoas sem a mínima piedade isso se dar pelo fato do presidente da República ser o principal incentivador de ódio entre a nação brasileira e o mais estranho é que o mesmo se declara evangélico e fica rodeado de alguns falsos pastores que está pensando só nas vantagens que esperam obter o plano de governo dele é armar a população Brasileira gostaria de saber quem mesmo o Deus que este cidadão serve o nosso País precisando de políticas públicas na área da saúde segurança e educação e ele preocupado com armas e de não perder o poder este espírito que atua na vida dele é igual a do ex presidente do Estado Unidos.

  2. Luiz disse:

    Será que é só coincidência JMB ter dito, três dias antes numa live: “”Você sabe o que está em jogo, e você sabe como deve se preparar, não para um novo Capitólio, ninguém quer invadir nada, mas nós sabemos o que temos que fazer antes das eleições”. ?????????????

  3. Alexandre Clistenes disse:

    Antes sabíamos que o Bolsonarismo matava de fome e de Covid. Agora eles começam a cometer atos terroristas e assassinatos movidos pelo ódio a quem não concorda com eles.

  4. Hipócritas disse:

    Sentindo falta aq no acorda cidade de uma matéria sobre o enfermeiro estuprador que é seguidor e eleitor do Lula…bando de hipócritas, mídia suja.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade