Bahia

Policiais Penais adiam greve e nova assembleia será realizada no dia 1º de setembro

De acordo com o presidente do sindicato, a categoria continua em estado de greve.

12/08/2021 09h21, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Os policiais penais do estado da Bahia, se reuniram na noite de ontem (11) em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) em Salvador, para realizar uma assembleia em favor das reivindicações feitas pela categoria.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Penal do Estado da Bahia (Sinsppeb), Reivon Pimentel, informou que a greve foi adiada e uma nova assembleia será realizada.

"Ontem nós nos reunimos em assembleia conforme edital publicado para avaliar a situação e o andamento das nossas propostas. Ao final da assembleia deliberamos por adiar esta greve e aí, teremos uma nossa assembleia no dia 1º de setembro para avaliar o cenário desta decisão. Essa decisão por adiar, se deu por conta da finalização positiva do Ministério Público do Trabalho e pelo Ministério Público do Estado, além da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP). Tivemos uma reunião na última terça com o representante do Ministério Público, ele se comprometeu a buscar uma mediação com o governo nessa tentativa de resolver os nossos problemas", disse.

Ainda segundo o presidente, como parte do objetivo foi alcançado ainda na noite de ontem, um voto de confiança foi dado do governo do Estado em respeito as outras instituições.

"Como o objetivo da categoria era trazer os órgãos para a mesa para que eles interviessem nessa mediação, participassem dessa reunião, pelo entendimento da categoria, o nosso objetivo foi atingido e vamos dar mais um crédito de confiança ao governo em respeito às outras instituições. Continuamos em estado de greve e já está marcada para o dia 1º em nova audiência, essa assembleia com o indicativo de greve, porque como informei, em respeito aos órgãos, vamos suspender esse movimento por agora", concluiu.

Leia também:

Policiais Penais da Bahia poderão entrar em greve a partir da próxima quarta-feira (11)

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade