Bahia

Suspeito de violentar criança é preso pela Polícia Civil

Autor estava em liberdade condicional após cumprir parte da pena por outro estupro em 2016.

05/08/2022 20h45, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Polícia Civil

Equipes da Delegacia Territorial (DT) de Ituberá prenderam, na quinta-feira (4), um homem de 34 anos por abusar sexualmente de uma criança de apenas 4, naquele município, no primeiro dia de agosto. A rápida investigação da Polícia Civil culminou no deferimento do pedido de prisão preventiva e no seu cumprimento horas após a expedição do mandado pela Vara de Jurisdição Plena.

De acordo com a apuração da DT de Ituberá, o homem aproveitou uma rápida ausência da mãe da vítima para invadir a casa e violentar a criança – um garoto, seu primo de segundo grau. Logo que chegou, a mãe tomou conhecimento do que acontecera e encontrou o suspeito, que, após admitir o crime, chegou a ser agredido por vizinhos. Ele foi socorrido ao Hospital de Base de Itabuna, já recebeu alta e está custodiado. A criança, por sua vez, foi atendida em uma unidade de saúde local e passou por exames.

Não foi a primeira vez, porém, que o homem cometeu este crime. Em 2016, ele foi autor de um estupro por uma criança de 8 anos. Posteriormente, o suspeito foi condenado a oito anos de prisão, mas recebeu liberdade condicional da Justiça após o cumprimento de seis deles. Ele estava solto desde março deste ano.

O preso já foi levado para o Complexo Prisional de Valença, onde deverá cumprir o resto da pena do crime anterior e aguardar pelo julgamento do novo delito.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias Polícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade