Polícia

Polícia Civil trabalha para encontrar arma disparada em jovem durante briga de trânsito e concluir inquérito

A polícia acionou o grupamento de mergulho de Salvador para auxiliar nas buscas da arma que foi jogada em um rio, segundo o suspeito do crime.

28/07/2023 às 13h10, Por Rachel Pinto

Compartilhe essa notícia

Foto: Arquivo Pessoal | Emerson Freitas

A Polícia Civil de Feira de Santana está trabalhando para localizar a arma que foi disparada durante a briga de trânsito no dia 9 de julho, no bairro Tomba em Feira de Santana, atingindo a testa do jovem Emerson Freitas Santos, de 24 anos.

O tiro foi efetuado por um homem que já se apresentou a polícia, confessou o crime, foi ouvido e liberado.

O delegado João Rodrigo Uzzum, que é responsável pela investigar o caso, informou que a localização da arma, assim como a conclusão do inquérito que deve ocorrer em um prazo de cerca de dez dias, somam-se para a elucidação do fato.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Nós já concluímos boa parte das investigações, foram ouvidas testemunhas importantes, pessoas que presenciaram a situação. As partes, parte delas foi ouvida, hoje tivemos a informação de que a vítima às 18h teria alta, houve uma certa melhora no estado de saúde dela, e na próxima semana vamos tentar ouvir a vítima, se ela não puder se deslocar eu irei a residência dela”, afirmou o delegado ao Acorda Cidade.

João Uzzum informou que a polícia está diligenciando ações para encontrar a arma do crime. De acordo com ele, o autor se apresentou de forma espontânea à polícia, trouxe detalhes no interrogatório e indicou que teria jogado a arma no rio, na divisa entre Feira de Santana e Coração de Maria.

“Tivemos que acionar o grupamento de mergulho de Salvador, guarnição do Corpo de Bombeiros, que nos auxiliou nas buscas. Ficamos o dia todo nessas buscas e não encontramos essa arma. Estamos trabalhando na conclusão de laudos periciais importantes para a elucidação desse delito e vamos analisar uma série de outras nuances, como por exemplo, questões de quebra de sigilo telemático, questões que possam levar a decretação da prisão do autor, caso seja necessário que seja feita”, observou.

O delegado afirmou que o autor não disse a origem da arma de fogo e que o mesmo será indiciado por praticar um delito de natureza grave.

“A gente percebe que duas pessoas jovens, sem experiência de vida e que em razão de uma discussão de trânsito, não chegou a acontecer um acidente, houve uma fechada e a partir disso, uma discussão, houve o delito. O autor assume que estava portando essa arma de fogo, não trouxe a origem dessa arma e acabou efetuando os disparos, um deles atingiu a vítima. Estamos concluindo algumas diligências necessárias para que esse inquérito fique a disposição do Ministério Público e a vara do júri dessa comarca”, encerrou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Leia também:

Leia também:

Jovem baleado em briga de trânsito já tem previsão de alta do HGCA

Jovem baleado em briga de trânsito no bairro Tomba apresenta melhoras e reconhece pai; o paciente continua internado

Familiares e amigos de jovem baleado em briga de trânsito fazem corrente de orações em frente ao HGCA

Acusado de atirar em jovem durante briga de trânsito se apresenta à polícia

Jovem baleado após briga de trânsito no Tomba está em estado grave

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O cara atira na testa de outro , e sai pela porta da frente a justiça faz o povo de besta, fazendo com q as pessoas busquem outras formas de fazer justiça e muitas pais e familiares se tornam assassinos por culpa da justiça.

    1. É só uma questão de colher provas robustas, que não deixem dúvidas quanto à autoria do delito, ou o advogado do acusado terá brecha para trabalhar a favor desse criminoso cruel.

  2. Que esse marginal seja preso o mais rápido possível, um elemento ruim desse resto de parição,não era nem pra está solto colocando a sociedade em perigo!

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade