Polícia

Polícia Civil prende acusados de matar dono de casa de carnes

Os acusados serão encaminhados para o Conjunto Penal de Feira de Santana

27/07/2022 17h26, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Investigadores da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana, prenderam nesta quarta-feira (27), dois homens acusados de matar no dia 5 de abril de 2022, Antônio José Gomes de Souza, de 42 anos, dono de uma casa de carnes localizada na Rua Quintino Bocaiúva, no bairro Estação Nova.

O delegado Rodolfo Faro, titular da Delegacia de Homicídios, contou ao Acorda Cidade que o mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara do Júri de Feira de Santana e que imagens de câmeras de monitoramento de segurança nas imediações do local do crime, ajudaram a polícia a identificar os autores. No dia 16 de maio de 2022, o crime foi elucidado a partir da confissão dos envolvidos.

No dia 8 de junho, um dos acusados da participação no assassinato, identificado como Matheus Alves Barbosa Silva, de 18 anos, foi morto a tiros na Rua Dr. Simões Filho, Estação Nova, Bairro Ponto Central, em Feira de Santana. De acordo com o delegado, a polícia atribui como motivação do homicídio de vingança, uma vez que a ele fez a delação dos comparsas e do mandante que atuaram no crime.

“Ele acabou sendo executado em retaliação a delação que ele fez na delegacia, imputando o nome do mandante e dos comparsas que atuaram com o mesmo neste crime. A polícia investiga a morte em caráter de vingança por ele ter confessado a participação dos demais envolvidos. Os três que participaram na ação, teriam recebido a ordem e a promessa de recebimento do valor de R$ 1.200 para a prática do homicídio, sem saber qual teria sido a motivação. A polícia continua as investigações para localizar o mandante do crime e verificar qual teria sido o motivo para ele ter determinado a morte da vítima”, declarou.

Os acusados serão encaminhados para o Conjunto Penal de Feira de Santana e o delegado relatou que torce para que a justiça seja feita, pois as provas do crime são incontestáveis.

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias Polícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade