Polícia

Operação Viatoribus finaliza fiscalização na BR 324 contra transporte clandestino

Ação conjunta acontece entre a PRF e a Agerba com o foco na repressão ao transporte irregular de passageiros.

17/12/2023 às 12h35, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

operação prf e agerba
Foto: PRF

Entre os dias 11 e 15 de dezembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) finalizou a Operação Viatoribus, com foco na repressão ao transporte clandestino de passageiros na BR 324, no trecho entre Simões Filho e Amélia Rodrigues.

Durante a ação, foram fiscalizados 244 veículos, abordando 332 pessoas. O objetivo principal era combater o transporte irregular, e os resultados mostram a eficácia da operação. A PRF utilizou 62 testes do etilômetro, lavrou 127 autos de infrações e registrou casos preocupantes de excesso de lotação e veículos em condições precárias, especialmente com pneus em estado deteriorado.

operação prf e agerba
Foto: PRF

Três motoristas flagrados dirigindo durante a operação estavam com o Direito de Dirigir Suspenso, configurando infração ao artigo 307 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Esses condutores enfrentarão as devidas medidas legais.

Os números gerais da operação revelam a abrangência das fiscalizações: foram realizados 03 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) por CNH suspensa, recolhidos 07 veículos por diversas infrações, destacando-se as condições inadequadas de tráfego.

A PRF reforça seu compromisso com a segurança nas estradas e destaca a importância de ações integradas como a Operação Viatoribus, que visa coibir práticas ilegais e preservar a integridade dos usuários das rodovias.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Transporte clandestino existe desde a década de 1970. Os pontos de coleta de passageiros são os mesmos: na frente da rodoviária de Fsa, no posto ao lado da rodoviária de Salvador e na Brasilgas. Amanhã tudo retona ao normal e a fiscalização volta a ocorrer daqui a 10 anos.
    Simples de analisar.

  2. Uma operação caça ladrões e traficantes na BR 324 não tem , mais os grandes empresários oprimem os agentes da PRF obrigando a se sujeitar a isso .

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade