Bahia

Homem que ateou fogo em mulher é condenado a 25 anos de prisão

Segundo a denúncia do Ministério Público estadual, o crime foi ocasionado pelo fato da vítima se recusar a reatar o relacionamento.

27/11/2023 às 21h02, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Yllcare Gonçalves
Foto: Reprodução / Redes sociais

O Tribunal do Júri da comarca de Canarana condenou Jadilson Balduino da Silva Júnior a 25 anos de prisão pelo feminicídio da sua ex-companheira Yllcare Gonçalves dos Anjos. Segundo a acusação realizada pelos promotores de Justiça Romeu Gonsalves Coelho e Gustavo Pereira, ele cometeu o crime por motivo fútil e com utilização de meio cruel. Jadilson Balduino jogou gasolina e ateou fogo na vítima. A sentença foi proferida pela juíza Cassia da Silva Alve

Segundo a denúncia do Ministério Público estadual, o crime ocorreu no dia 11 de dezembro de 2022, em Canarana, e foi ocasionado pelo fato da vítima se recusar a reatar o relacionamento, que havia terminado há aproximadamente duas semanas. Yllcare Gonçalves dos Anjos, inclusive, estava em casa com a filha de aproximadamente 45 dias no momento do crime. A menina é filha dela com Jadilson Balduino.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Tem certo crimes que não tem pena que pague, principalmente para a família…um pai de sangue nos olhos nunca dará tranquilidade de vida a um candidato a defundo desses.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade