PIB da Bahia tem crescimento acima da média do país

12/03/2010 às 07h17, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) do Bahia, em 2009, foram divulgados nesta quinta-feira (11) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais do estado (SEI). No período, o indicador, que representa a soma de todas as riquezas produzidas no Estado, foi de 1,7%.

O PIB baiano vinha crescendo há 18 anos consecutivos. Entre 2006 e 2008, no entanto, o incremento ficou abaixo da média do país.  Em 2008, enquanto o PIB baiano subiu 4,8%, no país a alta foi de 5,1%. Em 2007, foi 4,5% contra 5,4%. Em 2006, foi de 2,4% contra 3,8%, respectivamente.

Apesar do crescimento ser inferior a 2008, quando a alta foi de 4,8%, o PIB baiano voltou a crescer acima da média nacional. Em 2009, enquanto o país apresentou recuo de 0,2%, o PIB baiano cresceu 1,7%,

Agropecuária e indústria recuam
No acumulado no ano, em relação ao mesmo período de 2008, a agropecuária no país teve queda de 5,2% e a indústria recuou 5,5%, enquanto os serviços cresceram 2,6%. A queda da agricultura foi puxada pelo trigo (-16,0%), o milho (-13,5%), o café (-12,8%) e a soja (-4,8%).

Na indústria, todas as atividades apresentaram queda, sendo que a maior foi na indústria de transformação (-7,0%), seguida pela construção civil (-6,3%). Já nos serviços, destacaram-se a intermediação financeira e seguros (6,5%), os serviços de informática (4,9%), administração, saúde e educação pública (3,2%), serviços imobiliários e aluguel (1,4%).

No quarto trimestre, a economia brasileira apresentou recuperação e cresceu 4,3%. No período, destacaram-se novamente os serviços (4,6%) e a indústria (4,0%), enquanto a agropecuária continuou em queda com –4,6%.

Queda ‘positiva’
O vice-presidente José de Alencar disse que o PIB brasileiro em 2009 pode ser considerado positivo diante dos impactos da crise financeira no mundo. “O resultado é muito bom. Não é um zero de crescimento”, afirmou Alencar, que acredita que Brasil tem uma situação econômica privilegiada. Segundo ele, o país deve voltar a registrar crescimento em 2010.

5,7% em 2010
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também avaliou o recuo do PIB do país. Ele afirmou que 2010 começou muito bem e, com investimentos, por isso, o crescimento ocorrerá sem pressões inflacionárias. O ministro chegou a dizer que o PIB pode crescer mais de 5,7% este ano. Porém, ele reiterou que a projeção oficial é de 5,2%.
 

Informações do Correio

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade