Bahia

Pesquisadores da UFRB desenvolvem aplicativo para monitorar coronavírus

A pesquisa foi autorizada pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde do Brasil para condução de experimentos com seres humanos.

04/06/2020 08h08, Por Maylla Nunes

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

Pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em colaboração com a Universidade de Stellenbosch (África do Sul), desenvolveram o aplicativo ContraCovid. A tecnologia auxilia pessoas com suspeita ou diagnóstico da Covid-19 a monitorar o progresso dos seus sintomas ao longo dos dias.

O aplicativo é parte do projeto denominado "ContraCovid – Tecnologias para monitoramento da Covid-19", que investiga técnicas de processamento de sinais e inteligência artificial para desenvolver um método de baixo custo para detecção e monitoramento da Covid-19 através da análise automática de sintomas, particularmente a tosse e a dificuldade respiratória.

O estudo é conduzido pela UFRB, sob a coordenação do professor Igor Miranda, e conta com a participação do professor João Carlos Bittencourt, e dos estudantes Rafael Melo, Gabriel Oliveira, Taylane Oliveira, Breno Prazeres, todos do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC). Também participa da pesquisa Thomas Niesler, professor titular da Universidade de Stellenbosch (África do Sul

A pesquisa foi autorizada pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde do Brasil para condução de experimentos com seres humanos. "Estamos começando uma fase importante que é a coleta de dados para validação dos métodos propostos. A coleta será realizada de duas formas: com dispositivo específico em pacientes hospitalizados e através do aplicativo que criamos para pacientes em auto-isolamento. Com base nos resultados preliminares da pesquisa, o aplicativo também permite que o usuário acompanhe a evolução dos seus sintomas ao longo dos dias", explica o professor Igor Miranda.

Monitoramento – A ferramenta pretende auxiliar pessoas com suspeita ou diagnóstico da Covid-19 a monitorar o progresso dos seus sintomas ao longo dos dias. Os usuários do aplicativo gratuito dispõem de informações detalhadas sobre o histórico dos seus sintomas para fornecer à equipe médica, se for o caso.

Ao se cadastrar e durante a permanência dos sintomas, são coletados duas vezes ao dia os dados demográficos básicos, o histórico médico, a localização, a frequência respiratória, e a ocorrência de tosse. Segundo os pesquisadores, após o usuário colocar o celular na barriga por 10 minutos, o aplicativo é capaz de coletar informações sobre sua tosse e frequência respiratória por meio de inteligência artificial e processamento de sinais.

Além de exibir o histórico dos sintomas, o aplicativo informa a probabilidade desses sintomas serem da Covid-19. Os idealizadores ressaltam que não se trata de um diagnóstico, mas apontam que a ferramenta contribui na avaliação de forma objetiva. Os dados dos usuários são armazenados com privacidade em um banco de dados que visa desenvolver sistemas automáticos de acompanhamento de pacientes com a Covid-19.

Saiba mais sobre o projeto no site www.ContraCovid.org.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade