Eleições 2020

Partido Novo define que terá candidato próprio em Feira de Santana

Os candidatos passam por um processo seletivo que está em andamento.

03/12/2019 06h29, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Orisa Gomes

Está definido: o Partido Nova terá candidato próprio a prefeito de Feira de Santana nas eleições 2020. A informação que já vinha sendo propagada há alguns meses por representantes da sigla foi reforçada em encontro no último domingo (1º) na cidade. Em entrevista ao Acorda Cidade, o líder do núcleo municipal, Thiago Martins, e o deputado federal Paulo Ganime (RJ), que participou do evento, confirmaram a disputa com chapa completa.


Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Sobre os nomes que disputarão as vagas para prefeito, vice e também vereador, Thiago disse que o ainda estão na fase de realização do processo seletivo para a escolha dos nomes que vão concorrer ao Executivo e para o Legislativo ainda será iniciado. “Assim que finalizar, a gente vai anunciar o nome da pessoa aprovada. O processo seletivo é feito pela nacional, mais ou menos final de dezembro dever ter definido o nome para disputa a prefeito. Já para vereador, ainda será aberto e estamos na captação de pessoas com o perfil do partido”, explicou.

Crescimento no Nordeste

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Otimista, o deputado Paulo Ganime ressaltou que gostou de tudo que viu referente ao partido em Feira e disse que o Novo está crescendo no interior. “Tudo que a gente viu em Feira foi muito bacana, muito organizado. O número de filiados bateu a meta de 150, que o necessário para ter candidaturas em 2020, e é bacana ver o partido crescendo no interior, em especial no Nordeste que não elegemos ninguém nas últimas eleições, mas temos certeza que nas próximas vamos eleger”.

Estrutura

Sobre a estrutura nacional da sigla, o deputado disse ao Acorda Cidade que é bastante simples e enxuta já que o Novo não usa fundo partidário, e sim recurso dos filiados e apoiadores e o empenho agora é para aumentar o número de voluntários.

Relação com Bolsonaro

Sobre a relação do partido com o presidente Jair Bolsonaro, Paulo Ganime frisou que o Novo é independente e embora tenha um alinhamento ideológico com a pauta econômica e de segurança muito forte e bom relacionamento com os ministros mais técnicos, não tem problema algum para criticar, assim como não tem para apoiar, quando está de acordo com as propostas.
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade