O próximo da lista

Carlos Geilson participa da festa política em Milagres

29/08/2009 10h41, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Divulgação

O radialista Carlos Geilson, suplente de deputado estadual pelo PT do B, participou da festa política do PP no município de Milagres, quinta-feira passada (27), quando o governador Jaques Wagner inaugurou várias obras. A festa foi organizada pelo prefeito Raimundo Souza, conhecido como “Galego”, do PP. Esteve presente também o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Otto Alencar, provável candidato a uma vaga no Senado Federal na chapa de Wagner. A presença de Carlos Geilson despertou curiosidade. Será que o radialista é o próximo que a deputada Eliana Boaventura vai cooptar para a base do governo petista?

Força de suplente

Por falar em mudança de base de apoio, o problema do ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho é exatamente o fato das últimas baixas de seu grupo serem suplentes de Feira de Santana: Jairo Carneiro, que trocou o Democratas pelo PP, e Eliana Boaventura, que permaneceu em seu partido (o PP), mas passou a apoiar o governo de Jaques Wagner. Por mais que alguém queira minimizar, os fatos recentes enfraquecem o grupo do ex-prefeito. Quem disse que suplente não tem força?

Prefeito pressionado

O prefeito Tarcízio Pimenta (DEM) confirmou que a coordenadora do CPS, Robervânia Cunha, deverá ser substituída. Ele justificou que o secretário de Saúde, João Carlos Cavalcante, tem um novo projeto para o setor e que a substituição é um fato normal nesses casos. O fato é que os vereadores pressionaram e o prefeito não aguentou. Robervânia foi uma das responsáveis pelas denúncias contra a empresa fornecedora de alimentos à Secretaria de Saúde. O discurso do prefeito é bem elaborado, mas é muita coincidência o afastamento da coordenadora logo agora.

Interesses políticos

Foto: Divulgação

A conversa bonita do secretário Maurício Carvalho de que o responsável pela sua indicação para o cargo é do próprio prefeito Tarcízio Pimenta não convence ninguém. Na verdade, existem outros interesses políticos para a sua permanência. Um deles, segundo um passarinho atento, é a permanência do suplente Otávio Joel (DEM) na Câmara Municipal.

 É melhor prevenir

Sobre a enquete “Que área o governo deve priorizar em Feira de Santana”, um dos participantes discorda de quem optou pela Segurança Pública, pois entende que o investimento prioritário deve ser em Educação, que é a base de tudo. “O indivíduo, uma vez na marginalidade, já está corrompido”, justifica, citando a máxima que diz: é melhor prevenir do que remediar.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade