Novo secretário de saúde será empossado nesta segunda-feira

O advogado Rafael Pinto Cordeiro substitui o médico João Carlos Cavalcante. Ele atuava na Diretoria de Licitações e Contratos da Prefeitura de Feira de Santana.

07/03/2010 às 11h13, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

O novo secretário municipal da Saúde, Rafael Pinto Cordeiro, será empossado nesta segunda-feira, às 10 horas, na Secretaria Municipal da Saúde, na avenida João Durval Carneiro, com a presença do prefeito Tarcízio Pimenta.

O advogado Rafael Pinto Cordeiro substitui o médico João Carlos Cavalcante, que pediu exoneração alegando problemas pessoais. Ele atuava na Diretoria de Licitações e Contratos da Prefeitura de Feira de Santana.

Rafael Cordeiro tem 27 anos de idade é formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, sendo orador da turma 2006.2. Foi aluno de intercâmbio da Faculdade de Direito de Coimbra/Portugal, é especializado em Direito Administrativo pela PUC/SP, onde atuou como professor assistente; é Membro Participante da Comissão de Direito Criminal da OAB, sub-secção de São Paulo, na sub-área de "Crimes Contra a Administração Pública"; atuou em estágio obrigatório na Defensoria Pública do Estado da Bahia e foi consultor em diversas prefeituras do Estado de São Paulo na área de direito administrativo.

As informações são da Secom

A mudança na Saúde

Em relação as mudanças ocorridas da Secretaria de Saúde e em especia pela escolha de um advogado e não uma profissional da área de sáude para estar à frente da mesma, a Prefeitura Municipal publicou a seguinte nota:

As reações à nomeação de um advogado para gerir a Secretaria Municipal da Saúde já eram esperadas e são naturaisAfinal, qualquer atitude ousada, inovadora, tende a polemizar. A base da polêmica é justamente a alegada discrepância entre a formação profissional do novo secretário e a pasta que ele vai gerir. Não tenho notícia, entretanto, de que toda Secretaria de Saúde gerida por um médico ou por um enfermeiro tem tido um absoluto e impecável sucesso em benefício da população. Aliás, mesmo na iniciativa privada, clínicas e hospitais não são necessariamente geridos por profissionais de saúde para que tenham a certeza de êxito no mercado.

Faz-se uma confusão entre entender de saúde e entender de gestão de saúde. Faz-se confusão também entre experiência de vida e formação acadêmica e idade, como se todos os competentes profissionais nas mais diversas áreas já tenham chegado ao mercado com um indiscutível preparo para enfrentar os desafios.  E quantos estão aí há anos sem conseguir adquirir a chamada experiência ou quantos já exerceram tantas funções públicas e privadas e só mostraram incompetência?

Além disso, há o aspecto da inovação, que por sinal é tão cobrado pela sociedade e deve ser a característica de todo administrador público ou privado que esteja sempre buscando o aperfeiçoamento.  É bom frisar que é uma inovação decidida com responsabilidade e não com o intuito de fazer da secretaria um laboratório. Estamos quebrando uma tradição de 37 anos na Secretaria da Saúde de Feira de Santana. Outras tantas tradições já foram quebradas nos mais variados segmentos da sociedade e deram certo, apesar de terem causado enormes polêmicas. 

 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade