No lugar do vice

Antônio Carlos Borges Júnior pode sair candidato ocupando o espaço do vice-prefeito.

02/04/2010 às 13h26, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Divulgação

Antônio Carlos Borges Júnior.

O pedido de desincompatibilização do secretário municipal de Habitação, Antônio Carlos Borges Júnior, é praticamente a confirmação de sua candidatura a deputado (estadual ou federal?). Seria uma forma de cobrir o espaço do vice-prefeito Paulo Aquino, que segundo informações que circularam na cidade nos últimos dias, teria desistido de sair candidato. Tanto Aquino como Borges Júnior são aliados do ex-prefeito José Ronaldo. Aliás, Borges júnior foi o vice-prefeito de Ronaldo.

De última hora

Ao que parece, o afastamento de Borges Júnior foi decidido de última hora. Ele conversou com o prefeito na quarta-feira e na quinta entregou a carta, cumprindo o prazo estabelecido pela legislação eleitoral. Em entrevista ao radialista Carlos Geilson, Tarcízio Pimenta disse que foi surpreendido pela decisão. Até porque ele já havia pedido que quem quisesse disputar a eleição de outubro se afastasse em dezembro. E nada foi dito até anteontem pelo ex-secretário de Habitação.

Fábio também saiu

Além de Antônio Carlos Borges Júnior, houve outra baixa no governo municipal, só que no segundo escalão. Trata-se do ex-vereador Fábio Lucena, que pediu afastamento para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Fábio era assessor do gabinete do prefeito Tarcízio Pimenta.

A desistência do vice

 

Foto: Divulgação

Vice-prefeito Paulo Aquino.

De acordo com informações de fontes ligadas ao vice-prefeito Paulo Aquino, a sua desistência foi por motivos de ordem partidária. É que o PR vai fechar coligação com o grupo do governador Jaques Wagner. Amigo e aliado político do ex-prefeito José Ronaldo, que vai compor a chapa encabeçada pelo ex-governador Paulo Souto. Ele entendeu que a situação ficaria difícil. Então, preferiu desistir logo.

Não foi à posse

 

Foto: Divulgação

Deputado João Leão.

O deputado João Leão não foi à posse de seu sucessor na Secretaria Estadual de Infraestrutura. A razão é simples. Ele queria emplacar seu chefe de gabinete, Wilson Brito, no cargo, que acabou sendo ocupado por Walter Tavares, indicado por Mário Negromonte. Walter Tavares já foi diretor do Derba e prefeito de Prado, no extremo sul da Bahia. Foi ele quem certa feita proibiu o helicóptero de Jaques Wagner pousasse no campo de futebol da cidade. As coisas mudam…

Não se mistura

Ao ser questionado por não ter prestigiado o ato de assinatura do convênio entre os governos estadual e municipal, na quarta-feira (31), o vereador Getúlio Barbosa disse que prefere não se misturar com “esse povo do PT”.

Não são mais deputados

Suplente é assim mesmo. Uma hora está no poder, outra hora está fora. Jairo Carneiro e Eliana Boaventura que o diga. Com o retorno dos titulares para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa, respectivamente, eles não são mais parlamentares. Agora é esperar a eleição de outubro. Ambos continuam ninho petista.

Súplica de estagiários

No espaço Canta Passarinho, a mensagem com uma súplica ao prefeito Tarcízio Pimenta e o secretário municipal de Educação, José Raimundo Azevêdo: “Os estagiários da educação em Feira precisam receber sua mísera bolsa, pois sem ela não está sendo possível pagar as despesas de transporte. Já é uma bolsa vergonhosa e ainda atrasa tanto”. O recado está dado.

Licitação para os Correios

Foto: Divulgação

O internauta Marcus Suzart diz que o Governo Federal deve tomar uma medida drástica, como por exemplo abrir licitação pública para empresas que queiram concorrer com os Correios. Desolado, ele afirma que a situação chegou a um ponto que “não se pode esperar mais nada”. Um dos principais problemas dos Correios é o atraso na entrega de correspondências.

 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade