Política

No Governo de Jerônimo, 30 ministros de Lula já estiveram na Bahia

A vinda mais recente aconteceu na quinta-feira (4), quando o ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira.

06/07/2024 às 09h19, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

lula e jeronimo
Foto: Ricardo STUCKER

Em apenas um ano e meio de mandato à frente do Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues já recebeu de 30 diferentes ministros do Governo Federal para agendas na Bahia. O número de visitas acumuladas demonstra, com ainda mais força, o prestígio do governador baiano em Brasília. Até o início de julho, foram mais de 100 presenças de chefes ministeriais para compromissos em solo baiano.

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

A vinda mais recente aconteceu na quinta-feira (4), quando o ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, esteve ao lado de Jerônimo para o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar, em evento realizado no Parque de Exposições de Salvador. Essa foi a terceira visita do comandante do MDA. Os ministros baianos Rui Costa, da Casa Civil; e Margareth Menezes, da Cultura, encabeçam o ranking de agendas em solo baiano.

“A volta do presidente Lula reabriu as portas para o desenvolvimento do Brasil e para a melhora na vida do nosso povo. A Bahia tem essa atenção especial do Governo Federal que é fruto do nosso diálogo aberto para estabelecer cada vez mais parcerias, e isso se reflete em obras e ações para transformar a vida de cada baiano e cada baiana. Os ministros são parceiros muito importantes nesse trabalho que tem um objetivo maior, cuidar de gente, ser presente na vida de nosso povo”, comentou Jerônimo.

Anfitrião requisitado, o governador já garantiu também constante presença, com ações para a Bahia, de titulares de pastas federais de áreas estratégicas como Saúde, Educação, Integração e Desenvolvimento Regional, e Transportes. Os líderes federais dessas áreas estão entre os mais frequentes no estado. A ministra Nísia Trindade (Saúde) já esteve sete vezes em solo baiano; Camilo Santana (Educação) veio à Bahia em quatro oportunidades; e Waldez Góes (MIDR) já participou de cinco diferentes agendas no estado.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Passear é a especialidade do atual governo federal, agora o que isso trás de benefício para a população na prática aí já é outra história.

  2. A Bahia é um excelente palanque político para o PT. Isso comprova o governador passar a semana toda em pequenas inaugurações no interior, fazendo selfie e dexando de trabalhar no local apropriado (governadoria) recebendo os deputados e analisando os graves problemas que a Bahia enfrenta na segurança e na educação.
    Mas, política é assim mesmo. Se conquista votos aparecendo nas mídias.
    Infelizmente.

    1. E quem não gosta de passear na Bahia,em especial na capital baiana? Lavagem do Bonfim, carnaval,dois de julho, festival de verão, festival de inverno… A”ministra da cultura” mora aqui ,em Salvador Bahia ,ela vai e volta todos os dias para Brasília em vôo da FAB!

  3. Muita despesa, dezenas de ministros e “mini mistério””, poucos resultados práticos, despesas absurdas para o povo sustentar.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade