Brasil

Neymar Jr e Daniel Alves são eleitos os Futebolistas Influenciadores do Brasil

iBest anuncia os vencedores de 2021, com vitórias de Neymar Jr no júri popular e de Daniel Alves no voto da Academia.

12/11/2021 17h21, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

Neymar Jr foi eleito como o melhor futebolista influenciador do Brasil, segundo votação aberta do iBest, que premia as melhores iniciativas do universo digital brasileiro. Ele disputou com Daniel Alves e Ronaldinho na final pela votação popular. Já na eleição da Academia iBest, que é definida por um júri de especialistas, o vencedor foi Daniel Alves, que concorreu com Neymar Jr e Marcelo Twelve.

“Mesmo para quem está acostumado a ganhar, ser o melhor influenciador é uma disputa nova e desafiadora para estes grandes futebolistas. Os maiores ídolos de hoje, Neymar e Daniel Alves, confirmaram o seu protagonismo atraindo mais votos e seguidores mesmo na arena digital, antevendo a continuidade do seu caminho de enorme sucesso mesmo depois de deixarem o campo”, afirma Marcos Wettreich, fundador e CEO do prêmio.

A premiação apontou os melhores em 78 categorias através de duas votações paralelas: uma de acordo com a percepção popular e outra de um júri de especialistas (a Academia iBest). Como critério de qualificação para ambas, os dez finalistas (os iBest Top10) foram definidos através de um algoritmo proprietário que calcula a relevância de cada iniciativa digital considerando a presença nas principais redes sociais, sites e apps, a partir do cálculo do seu engajamento e alcance.

A edição 2021 terminou com o recorde de 18 milhões de votos certificados, apontando o impressionante crescimento ante os 2 milhões de votos que a premiação envolveu em 2020. É esperada que a edição 2022 movimente cerca de 40 milhões de votos, consolidando ainda mais o prêmio como a principal certificação digital no país.

História

O iBest foi realizado pela primeira vez em 1995 e aconteceu até 2008, período em que foi não somente o maior prêmio da internet do Brasil, mas também do mundo. Em 2003, foi adquirido pela Brasil Telecom (atualmente Oi). Em 2020, Marcos Wettreich assumiu, novamente, o controle da marca e relançou a premiação, ampliada e focada em todo o universo digital composto por sites, apps, e as redes sociais Youtube, Tiktok, Twitter, Linkedin, Twitch, Facebook e Instagram. 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade