Dia Internacional da Mulher

Mulheres vencem o preconceito e se destacam como barbeiras em Feira de Santana

Com habilidade e profissionalismo, elas venderam o preconceito e a desconfiança da clientela atendida com muita simpatia e profissionalismo.

08/03/2022 07h26, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Laiane Cruz

Elas resolveram inovar na escolha da profissão e se dispuseram a encarar qualquer desafio que surgisse pela frente. Quem conhece o trabalho delas sabe que estão em boas mãos. As barbeiras Sandra Souza e Ingrid Macedo, ambas de Feira de Santana, vêm se destacando na área de cortes de cabelo e barbas masculinos.

Barbeira há cinco anos e meio, Sandra Souza (@sanbarberhair), contou em entrevista ao Acorda Cidade, que entrou na profissão, meio que por acaso.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Sou de Feira, mas estava em São Paulo. Vim de lá e comecei a trabalhar em um salão de beleza, que estava precisando de barbeiro. Eu já cortava cabelo feminino curto de tesoura, e ele me fez a proposta para começar na área da barbearia. A princípio eu não quis, mas por incentivo dos colegas, dizendo que eu tinha talento, eu fiz um curso e comecei a trabalhar na barbearia e não parei mais”, afirmou.

Após iniciar na área de barbearia, Sandra revela que se apaixonou pela profissão e também começou a participar de competições.

“Tenho a Navalha de Ouro, fui premiada em 2018. Não participei mais por causa da pandemia, mas tive convites e sou apaixonada pela área da barbearia hoje. Tenho vários cursos com profissionais reconhecidos e pra mim hoje eu sou apaixonada e quero investir muito na área da barbearia. Meu sonho é ministrar cursos.”

Mas nem tudo foram flores desde o início. A barbeira precisou lidar com o preconceito e a desconfiança da clientela, que lida até hoje com muita simpatia, profissionalismo e bom atendimento.

“Já sofri muito preconceito por ser mulher. Hoje mais não, mas quando eu comecei acontecia muito isso. Mas eu fui mostrando todos os dias o meu trabalho. Hoje muitos são meus clientes fiéis. Faço cabelos, barba traçada. E sou cabeleireira também, que comecei com 16 para 17 anos e faço tudo no cabelo feminino. Mas hoje eu amo trabalhar com homens, porque eles são clientes mais fiéis e quando gostam, eles não te largam. Mudou muito minha cabeça e hoje tenho muitos amigos na área da barbearia”, enfatizou a profissional ao Acorda Cidade..

O segredo, segundo Sandra Souza, é não desistir dos seus sonhos jamais e lutar para conquistar o seu espaço.

“Minha mensagem para outras mulheres é que nunca desistam, porque vão aparecer vários obstáculos, principalmente em casa. Mas a gente é capaz, tanto homem quanto mulher, quando atuam em uma profissão com amor dá tudo certo. O corte de cabelo hoje aqui na Barbearia em média custa R$ 35, se for uma barba com toalha, algo mais detalhado, com uma massagem, fica R$ 40. Se for uma barba simples, sem toalha, ficam R$ 25.”

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Já a barbeira Ingrid Macêdo (@indmacedo), de 17 anos, iniciou há pouco tempo na profissão. Mas, de acordo com ela, quando entrou numa sala de curso pela primeira vez, foi amor à primeira vista.

“Eu comecei no início do ano na barbearia. Eu já trabalhava para o Instagram e recebi a proposta de parceria para fazer o curso. Quando eu comecei, me apaixonei, vi as máquinas, e percebi que eu tinha nascido para isso. Esse curso durou oito meses. Nunca tinha pensado que iria entrar nessa área”, relembrou.

O maior desafio para Ingrid foi lidar com a surpresa da família e dos amigos por vê-la atuando nesta área. “Não é comum mulheres nessa área. Mas eu espero inspirar outras mulheres. Faço cortes masculinos. Alguns homens são mais exigentes e outros deixam nas nossas mãos. Quando o cliente é antigo, a gente já sabe como é o corte e o atendimento é mais tranquilo. Porém, estou sempre estudando, me reinventando e acompanhando vídeos de novos modelos, estilos. É muito gratificante você cortar um cabelo e a pessoa gostar”, ressaltou.

Com informações de Ed Santos e Maylla Nunes do Acorda Cidade.


Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade