Coronavírus

MP recomenda proibição de eventos de cavalgada e vaquejada em Serrinha, Barrocas e Biritinga

A recomendação foi expedida pela promotora de Justiça Letícia Baird.

24/03/2020 09h28, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

Os prefeitos e secretários municipais de Saúde, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e de Ação Social de Serrinha, Barrocas e Biritinga foram recomendados pelo Ministério Público estadual a proibirem a realização de eventos de cavalgada, vaquejada ou quaisquer outros que envolvam aglomeração de pessoas e/ou animais. A recomendação foi expedida na última sexta-feira (21) pela promotora de Justiça Letícia Baird.

Na recomendação, entre outras medidas, a promotora pede também que seja realizada “rígida” fiscalização da comercialização de carnes e outros derivados de animais, como leite e ovos, com coibição da venda daqueles produtos que não tenham sido inspecionados ou comercializados em desacordo com as normas sanitárias. É recomendado ainda que seja realizada uma avaliação técnica, por profissionais da área de saúde, sobre a manutenção do funcionamento do Mercadão Municipal, feiras e estabelecimentos comerciais não essenciais.

Baird solicita que as autoridades respondam, em no máximo cinco dias úteis, sobre o cumprimento da recomendação. O pedido da promotora se baseou em recomendação do Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde Wanderson Oliveira de cancelamento ou adiamento de eventos em locais fechados com mais de 100 pessoas.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade