Feira de Santana

Moradores reclamam da falta de segurança no bairro Serraria Brasil

De acordo com eles, os assaltos são constantes mesmo durante o dia.

24/12/2021 14h38, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Atualizada às 16h45

Na última terça-feira (21), por volta das 20h, um entregador de delivery foi mais uma vítima de assalto na rua General Mourão Filho, bairro Serraria Brasil, em Feira de Santana.

De acordo com os moradores, os assaltos são constantes no local, seja durante o dia ou à noite.

Em entrevista ao Acorda Cidade, Lucimara Gomes explicou que, para chegar em casa, precisa fazer o percurso de maneira rápida, para evitar qualquer tipo de assalto.

"Eu já moro aqui no bairro há quatro anos e sempre foi assim, essa falta de segurança. Eu saio daqui do trabalho correndo com minha filha, com medo de ser assaltada porque realmente é perigoso. Uma hora dessa aqui, a rua já está deserta, mas à noite, ela fica pior ainda. A gente sabe que não é só o bairro aqui que está perigoso, mas a gente pede mais atenção com a segurança aqui", afirmou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Moradora há mais de 60 anos do bairro, dona Alzenira da Silva informou á reportagem do Acorda Cidade que o local já foi mais seguro, mas hoje a criminalidade está 'aterrorizando' o bairro.

"Não era assim antigamente, mas ultimamente está tendo muitos assaltos aqui. Estamos precisando de mais segurança, não só aqui mas em toda a cidade. Algumas casas, inclusive, tem câmeras como forma de prevenir, mas tem cerca de seis meses que tomaram a moto do meu filho aqui na porta. Estavam ele e um colega, o cara encostou e levou a moto dele. De vez em quando que passa uma viatura aqui, mas não é sempre", disse.

De acordo com Flávia Góes, que também é moradora do bairro, as câmeras que foram instaladas nas residências não inibem a ação dos meliantes.

"Essa rua aqui durante a noite é muito escura. Algumas casas até possuem câmeras de segurança, mas isso não intimida os bandidos de forma alguma, e a gente não tem mais segurança para sair aqui de noite. Eu tenho dois filhos especiais, se precisar de alguma urgência, a gente já fica com medo, porque falta esta segurança no bairro. Temos muitas árvores também, o que facilita o esconderijo desses meliantes, a fuga, e infelizmente não tem horário. Seja de dia, seja de noite, eles estão assaltando. Meu sobrinho mesmo foi assaltado aqui meio-dia, vindo do colégio, praticamente na porta de casa", afirmou a moradora ao Acorda Cidade.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Joseane Sinara já foi vítima de assalto três vezes no bairro e presenciou outros assaltos. Segundo ela, esse período festivo que se aproxima está fazendo com que os assaltos sejam constantes.

"A gente aqui não está tendo segurança nenhuma. Aqui na porta da minha casa teve uma jovem que foi assaltada, o cara de carro, parou e assaltou ela, e eu mesmo, já fui assaltada aqui três vezes, uma delas, foi indo para a Igreja. Essa semana, um rapaz entregando pizza, coitado, teve a moto levada pelos bandidos também, então os assaltos estão sendo constantes aqui e agora nesse período de festa parece que aumentou mais ainda", comentou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade