Feira de Santana

Moradores pedem término das obras em rua do Parque Ipê

A obra começou em novembro, mas com as chuvas a empresa paralisou o serviço e depois retomou de forma lenta.

14/01/2022 10h56, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

 Laiane Cruz

Moradores do bairro Parque Ipê pedem celeridade do serviço de pavimentação a paralelepípedo, que está em andamento na Rua Portuguesa de Desportos. A obra começou em novembro, mas com as chuvas a empresa paralisou o serviço e depois retomou de forma lenta.

De acordo com um morador da via, João Gildete de Souza, que reside no Parque Ipê há mais de 48 anos, o serviço está demorando muito para ser concluído.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Está devagar. Começou no mês de novembro, levou uma temporada, e a chuva começou de novo e voltou a desmanchar. Quando chove a desce de novo”, informou à reportagem do Acorda Cidade.

O diretor da Superintendência de Operações e Manutenção (Soma) da prefeitura, João Vianey, explicou, em resposta à queixa dos moradores, que no final de agosto para início de setembro, uma rede se rompeu na rua após chuvas. O serviço de recuperação dessa rede foi iniciado, mas houve dificuldade da empresa contratada em adquirir o material.

“Na Rua Portuguesa de Desportos houve uma situação de ocorrência de chuva no final de agosto e início de setembro, e rompeu uma rede antiga com trinta anos de executada, e a gente precisou obstruir o segmento da via. Houve um tempo para que a gente pudesse adquirir o material para substituir a rede. Houve um atraso no início em virtude da dificuldade do material que foi utilizado ali. Foi feita a recuperação, o reaterro, e na questão do pavimento tivemos algumas dificuldades em decorrência da chuva, o que atrasou, e a empresa que foi contratada para fazer esse serviço teve também dificuldade na aquisição do paralelo”, esclareceu o diretor da Soma.

Ainda segundo ele, o serviço foi reiniciado e novas chuvas degradaram o que estava feito. “A empresa já recompôs o paralelepípedo de um segmento, e estamos aguardando o complemento para concluir a obra. É só o paralelepípedo chegar para que a gente possa concluir esse serviço”, garantiu.

 

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade. 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade