Feira de Santana

Moradores cobram pavimentação da Rua Caminho das Índias no bairro Gabriela II: ‘Abandono’

O que poderia ser uma rua completamente pavimentada, retrata um caminho da zona rural com muita vegetação nas laterais e buraqueira.

26/01/2022 09h06, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Os moradores da Rua Caminho das Índias no bairro da Gabriela II em Feira de Santana, estão passando por diversas dificuldades devido à falta de calçamento na via.

O que poderia ser uma rua completamente pavimentada, retrata um caminho da zona rural com muita vegetação nas laterais e buraqueira.

Ao Acorda Cidade, o morador Almir Francisco contou que a prefeitura esteve no bairro há pelo menos 5 anos e de lá para cá, os problemas só aumentaram.

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

"Tem uns 5 anos que a prefeitura passou uma máquina por aqui, mas nem o caminhão do lixo passa mais por aqui, precisa parar lá na esquina e os coletores descem do carro e buscam o lixo para jogar no caminhão, porque aqui, eles não entram mais. O carros dos vizinhos por exemplo quando passam por aqui, sempre arrastam o fundo no chão", lamentou.

De acordo com o morador Márcio Soares, as pessoas que precisam passar pela rua, devem fazer malabarismo para não cair por causa da grande quantidade de buracos.

O morador Antônio Souza que tem deficiência, informou à reportagem do Acorda Cidade que já mora no bairro há 14 anos e nenhuma obra foi realizada durante este período.

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

"Eu operei recentemente da coluna e preciso usar a muleta, mas não tem condições de andar nessa rua aqui, correndo o risco de cair e se acidentar, e no meu caso é mais delicado ainda. Quando chove, essa rua parece um rio, a água desce numa velocidade parecendo um riacho e infelizmente nunca passaram uma patrol aqui, estamos abandonados, já moro aqui há 14 anos, sem falar desse mau cheiro que invade nossas residências, o mato alto que gera insetos e com isso, a gente precisa ficar dedetizando a casa inteira", citou.

Além do estado da rua, a moradora Nalva Brandão explicou que dois postes de energia também estão sem funcionar.

"Nós estamos sem energia em dois braços de poste aqui na rua, a lâmpada só fica apagada, e a gente corre o risco de ser assaltado. Recentemente, nosso vizinho acabou sendo baleado quando foi buscar o filho na igreja, ele está internado e nem sabemos o estado de saúde dele. Aconteceu isso justamente por essa escuridão que tem aqui na rua", contou.

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

O Acorda Cidade entrou em contato com a Secretaria de Planejamento do município e aguarda retorno.

 

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade